Unick Forex: mensagens vazadas revelam mais informações

Unick Forex: mensagens vazadas revelam mais informações

Uma série de mensagens oriundas do Telegram de Leidimar Lopes, dono da Unick Forex, revela mais detalhes sobre os bastidores da empresa.

A Unick foi um dos maiores esquemas de pirâmide financeira do Brasil, e nas mensagens o desespero dos clientes é evidenciado.

Há até investidores que ameaçaram se suicidar caso não recebessem de volta o “dinheiro de uma vida” investido na Unick.

A empresa prometia lucros de até 400% sobre suposto serviços de compra e venda de criptomoedas. Com o golpe, Lopes deixou um prejuízo estimado em mais de R$ 12 bilhões.

Unick contava com a proteção de políticos 

O Cointelegraph Brasil teve acesso, com exclusividade, a um arquivo com mais de 500 mensagens do aplicativo de mensagens de Lopes. O conteúdo data do período de maio a novembro de 2019.

No material, há informações sobre a relação da Unick com deputados e prefeitos. Os políticos prometiam ajudar a empresa em troca de apoio.

De acordo com uma matéria publicada pelo site na terça-feira (30), as conversas teriam sido obtidas pela Polícia Federal durante a deflagração da Operação Lamanai.

Na ação, realizada no final de 2019, a PF chegou a prender Leidimar Lopes, mas atualmente ele responde às acusações em liberdade. Junto a ele, a polícia também apreendeu celulares e computadores da empresa.

Os conteúdos mostram que até junho de 2019 o dono da Unick Forex respondia perguntas dos clientes e agendava reuniões com as demais lideranças da empresa.

No entanto, após o referido mês, ele se tornou mais ausente e quase não atendia aos chamados dos investidores. 

Ameaças de suicídio e mensagens de apoio

As mensagens destacam, principalmente, o desespero e a frustração dos investidores. Porém, também mostram o apoio e a gratidão por parte de alguns deles.

“Pelo amor de Deus fala para mim que vai dar certo. Fala se vamos receber. Eu confiei o dinheiro de uma vida na empresa. Estou pensando até em suicídio. Não aguento ter essa perda e essa frustração. Pelo amor de Deus fala para mim que vai dar certo”, disse uma investidora que não obteve retorno de Lopes.

Outro cliente agradeceu Lopes pelo projeto que, segundo ele, mudou sua vida:

“Leidimar…quero te agradecer imensamente por esse projeto maravilhoso que tem mudado minha vida e a da minha família. Talvez vc não tenha tempo hj pra ver esse agradecimento, mas, quero que saiba que já realizei o sonho de rever minha mãe, e ajudei pessoas através dele tbm (…) Estamos trabalhando para levar essa visão de uma vida melhor através da Unick (…) Esperamos em Deus que logo esteja livre.”

Outra mensagem de apoio diz:

“Oi presidente estamos com senhor e também orando a Deus pela sua vida e também de todos aí na empresa ÚNICK. Deus venha mover as águas a nosso favor !! Tamu [sic] junto seu presidente.”

Leidimar Lopes já sabia da investigação da PF

Conforme apurou a PF, Leidimar já sabia que estava sendo monitorado. Por conta disso, ele teria contratado pessoas para interferirem nas investigações e para darem detalhes sobre o andamento do inquérito. 

Paralelamente, ele apagava as mensagens e os históricos de conversas, incluindo com lideranças da Unick.

Mesmo assim, ainda foi possível obter acesso a conteúdos que ele não conseguiu apagar, principalmente as mensagens trocadas com políticos.

Por fim, o Cointelegraph informou que, por conta do grande volume de mensagens, publicará uma série de matérias sobre o caso. O CriptoFácil continuará acompanhando.

Leia também: Mineração de Bitcoin paga R$ 5 milhões por hora, revela estudo

Leia também: Jogador da NFL é primeiro do mundo com salário em Bitcoin

Leia também: Bitcoin em US$ 30.000 antes do Ano Novo é possível, defende analista

Forex Crypto News: Cripto Facil