Secretário do Tesouro dos EUA contrata ex-executivo da Coinbase

Secretário do Tesouro dos EUA contrata ex-executivo da Coinbase

O Escritório de Controladoria da Moeda dos Estados Unidos (OCC, na sigla em inglês) nomeou o diretor jurídico da Coinbase, Brian Brooks, como seu próximo diretor de operações e primeiro vice-controlador. Brooks tomará posse no cargo a partir de 1º de abril de 2020.

Brooks foi escolhido pela sua expertise como CLO da Coinbase desde setembro de 2018, liderando seus esforços legais, de conformidade e de relações com o governo norte-americano.

Um anúncio publicado pelo OCC na segunda-feira, 16 de março, afirmou que Brooks deve renunciar à Coinbase e substituir Morris Morgan como diretor de operações. O OCC é uma agência independente vinculada ao Departamento do Tesouro e é responsável por mapear e regular bancos que operam nos EUA.

Brooks também é membro do conselho da empresa de empréstimos hipotecários Fannie Mae – que se tornou famosa durante a crise financeira de 2008. Mas ele também deixará o cargo após sua nomeação.

“Brian Brooks é um líder forte, com vasta experiência no setor de serviços financeiros”, disse o secretário do Tesouro Steven Mnuchin, que designou Brooks como o primeiro vice-controlador da OCC. “Estou ansioso para trabalhar com ele para garantir a estabilidade do nosso sistema financeiro e sua capacidade de promover um maior crescimento econômico em benefício de todos os americanos”.

Os casos de executivos do setor de criptoativos que passam a integrar o governo norte-americano têm aumentado nos últimos anos. O exemplo mais recente foi o da ex-CEO da Bakkt, Kelly Loeffler, que deixou o cargo para assumir uma vaga no Senado dos EUA. Loeffler agora é integrante de um grupo que supervisionará as atividades da Comissão de Negociação de Futuros e Commodities (CFTC).

Forex Crypto News: Cripto Facil