Revista Veja faz piada sobre preço do Bitcoin e erra

Revista Veja faz piada sobre preço do Bitcoin e erra

Em dezembro de 2017, a revista Veja fez uma piada sobre o preço do Bitcoin.

A Veja deu um “Bitcoin” para seus leitores à época. Trata-se de um desenho em uma folha de papel.

Abaixo da imagem, uma mensagem: “em um ano, ele valerá mais do que um Bitcoin de verdade”. Contudo, a previsão da Veja passou longo do estado atual do BTC.

"Previsão" da Veja sobre preço do Bitcoin
“Previsão” da Veja sobre preço do Bitcoin

Piada da Veja envelheceu mal

De fato, o preço do Bitcoin caiu 82% desde o pico em 2017 até dezembro de 2018. Dos US$ 20 mil, o BTC passou a valer US$ 3.742,70.

Entretanto, o criptoativo se recuperou rapidamente. Menos de 2 anos depois, o BTC está cotado a US$ 13.048,10 — preço no momento da escrita desta matéria.

Em reais, o Bitcoin ultrapassou os R$ 72 mil, atingindo uma nova máxima histórica no real. Desta forma, a piada da Veja envelheceu mal.

Apesar dos altos e baixos vividos nesses menos de dois anos em termos de preço e acontecimentos do mercado, o Bitcoin permaneceu forte.

Inclusive, é importante ressaltar que o Bitcoin é o ativo com maior valorização da década, superando “queridinhos” como ouro e dólar.

Ademais, também válido apontar que o BTC se manteve firme mesmo durante acontecimentos consideráveis. BitMEX processada, saques da OKEx travados e Trump diagnosticado com Covid-19 foram alguns deles.

A firmeza surpreendeu até veteranos, com um deles declarando estar “pasmo” com a falta de queda do Bitcoin.

Crescimento em popularidade

Não só o preço do Bitcoin aumentou em dois anos, como também os fundamentos do mercado também passaram por uma profunda mudança.

Grandes empresas, listadas em famosas bolsas, integraram BTC em suas reservas. A justificativa dada é a mesma para todas as instituições, sobre o Bitcoin ter um grande potencial de valorização.

Não só isso, recentemente o PayPal anunciou que aceitará pagamento com criptomoedas, bem como permitirá a compra e venda de Bitcoin.

Tais fatos apontam para um crescimento em popularidade e interesse institucional — muito diferente do mercado de 2017.

Ao analisar a figura toda, a piada da Veja passa mais longe ainda em comparação ao estado atual do Bitcoin.

Leia também: Bitcoin bate máxima histórica em 7 países além do Brasil

Leia também: Alta do Bitcoin manipulada? Tether emite R$ 3 bilhões em USDT

Leia também: Hacker pede Bitcoin em troca de dados de eleitores dos EUA

Forex Crypto News: Cripto Facil