Programa de aceleração da Visa para 2020 incluirá blockchain

Programa de aceleração da Visa para 2020 incluirá blockchain

A Visa abriu as inscrições para a edição de 2020 do seu programa de aceleração, estando elas abertas até o dia 13 de março. Dentre os pontos buscados nas startups que desejam participar do programa estão tecnologias disruptivas como inteligência artificial, Big Data, mobilidade urbana e blockchain.

Empresas focadas em criptomoedas já participaram do evento, como as exchanges Foxbit e Ripio, sendo a Ripio inclusive apontada como case de sucesso pela Visa.

Fomentando o empreendedorismo

De acordo com um comunicado encaminhado ao CriptoFácil, o objetivo da Visa com a iniciativa de aceleração é “movimentar o ecossistema de startups no país ao promover o empreendedorismo e a inovação e gerar novas conexões de negócios entre os players da indústria de pagamento do Brasil”.

O que a gigante do ramo de pagamentos busca são startups com soluções disruptivas, com foco em melhorar a experiência dos clientes e dar maior eficiência operacional. As startups interessadas devem estar em fase de crescimento ou escala, já dispondo de base sólida de clientes e receita.

Percival Jatobá, vice-presidente de Inovação e Soluções da Visa do Brasil, falou um pouco sobre o programa de aceleração:

“Olhar para a inovação está em nosso DNA e o programa nos conecta ainda mais com o ecossistema. Nossa grande missão é que pessoas, empresas e economia prosperem. Assim, aumentamos a qualidade dos serviços para todas as pontas. Já passaram pelo programa 66 startups e muitas estão no mercado ganhando destaque e fazendo negócios. Estamos ansiosos para conhecer as empresas que serão selecionadas nesse quarto ano do Programa.”

As startups que forem pré-selecionadas se submeterão perante uma banca avaliadora com integrantes da Visa e do mercado. Os selecionados serão anunciados no dia 7 de abril, durante o Pitch Fest, evento criado pela Visa para que todas as pré-selecionadas possam apresentar suas soluções.

Uma das 12 áreas apontadas pela Visa como “áreas de interesse” é a tecnologia blockchain. Segundo fontes próximas ao evento informaram ao CriptoFácil, a Visa está dando um foco especial a esta área na edição de 2020.

Leia também: Conheça os 50 casos de uso mais expressivos da tecnologia blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil