PayPal: saiba o que pode ser feito com Bitcoin

PayPal: saiba o que pode ser feito com Bitcoin

O PayPal anunciou recentemente que seus usuários poderão comprar, vender e pagar com Bitcoin e criptomoedas.

No entanto, alguns detalhes sobre o serviço levantam dúvidas sobre as possibilidades de uso que os usuários terão.

Sem chave privada

O primeiro detalhe é que os clientes do PayPal não terão as chaves privadas de seus Bitcoins. Portanto, todos os fundos ficarão sob custódia integral da empresa.

Essa informação consta na seção de perguntas frequentes do site da plataforma:

“Você possui a criptomoeda que compra no PayPal, mas não receberá uma chave privada”, observa a empresa.

Como justificativa, o PayPal afirma que confiar na chave privada é “muito arriscado”. Nesse sentido, afirmam que o controle dos recursos pela empresa é basicamente um mecanismo de segurança para os usuários.

“Se conseguir entrar na sua conta, você terá acesso ao saldo que tem de criptomoedas”, acrescenta o texto.

Impossibilidade de transferência de fundos

Soma-se à impossibilidade de controle das chaves o fato de não ser possível a transferência de fundos. Isso vale tanto para os BTC, quanto para as demais criptomoedas que o serviço suportará. ou seja: Litecoin (LTC), Bitcoin Cash (BCH) e Ether (ETH).

Isso quer dizer que, pelo menos a princípio, tudo o que for enviado em criptomoedas para o PayPal não poderá ser retirado de conta.

Além disso, não será possível enviar fundos para outras contas do PayPal, nem depositar diretamente o saldo em criptomoedas. Logo, tudo acontecerá dentro da plataforma.

Portanto, só será permitido “converter” os fundos de moeda fiduciária para BTC e vice-versa e pagar com saldo denominado em criptomoeda aos estabelecimentos afiliados ao PayPal (saldo que será convertido em fiduciário para empresas).

Assim, o usuário só poderá usar Bitcoin no PayPal se comprar o criptoativo na empresa e somente para pagar por produtos e serviços afiliados à empresa.

Isso é bom ou ruim?

Embora alguns vejam as notícias do PayPal como um bom impulso para a adoção em grande escala do Bitcoin, há muito ceticismo na comunidade.

As personalidades do ecossistema questionam principalmente a natureza da custódia e a limitação para sacar fundos em criptomoedas.

Entre os críticos está Jameson Lopp, criador da ferramenta statoshi.info. Ele foi quem inicialmente alertou via Twitter sobre “não permitir que o PayPal retenha seus preciosos Bitcoins”.

Em seguida, diante das características do serviço, Lopp concluiu que o que o PayPal vai oferecer não será nem Bitcoin ou outra criptomoeda.

“Não importa; eles estão apenas emitindo notas promissórias. Afinal, eles não gostariam que as pessoas recuassem para uma carteira resistente à censura!”

Já Satoshi Labs, criador das carteiras de hardware Trezor, alertou imediatamente os usuários em potencial com uma frase profundamente enraizada no ambiente bitcoiner:

“Nem suas chaves, nem seus Bitcoins.”

Leia também: Funcionários do PayPal não sabem que Bitcoin pode ser fracionado

Leia também: Setor de criptomoedas contrata mesmo durante a crise

Leia também: Futuros de Bitcoin disparam na CME e revelam interesse institucional

Forex Crypto News: Cripto Facil