País é o primeiro a colocar white paper do Bitcoin em seu site oficial

País é o primeiro a colocar white paper do Bitcoin em seu site oficial

A Estônia é conhecida por abraçar a digitalização de seu governo e a tecnologia blockchain. Nesta semana, o país foi o primeiro do mundo a armazenar o white paper do Bitcoin.

O documento foi colocado no site do e-residency, programa de residência digital da Estônia. Ele possui uma página exclusiva onde qualquer pessoa pode fazer o download do documento.

“Estamos felizes em preservar o white paper original do Bitcoin aqui em nosso site como uma fonte de inspiração para inovadores futuros que procuram entender como usar a tecnologia blockchain para facilitar negócios internacionais e outras aplicações”, afirma a página.

Estônia inclui white paper do Bitcoin em site oficial
Estônia inclui white paper do Bitcoin em site oficial. Fonte: e-residency/site oficial.

Colômbia e EUA também armazenam cópias

Embora tenha sido o primeiro, a Estônia aparentemente não foi o único país. No Twitter, o Vice-Ministro de Economia Digital da Colômbia, Jehudi Castro, também divulgou um link oficial do governo. O link leva a uma cópia do white paper do Bitcoin.

Até mesmo nos Estados Unidos políticos começam a aderir ao armazenamento. Foi o caso do deputado Patrick McHenry, membro graduado do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara.

McHenry usou a sua página oficial do Congresso para hospedar uma cópia do white paper. Aparentemente, ele foi o primeiro deputado norte-americano a realizar tal ato.

Em seu Twitter, o deputado disse que os políticos precisam “ficar do lado da inovação” para aumentar a competitividade do país.

Deputado divulga link de white paper do Bitcoin em seu site
Deputado divulga link de white paper do Bitcoin em seu site. Fonte: Patrick McHenry/Twitter.

Falso Satoshi motiva armazenamento

Mas por que a hospedagem do white paper do Bitcoin ganhou tanto destaque? Por que até governos e políticos entraram nesse movimento?

Aparentemente, trata-se de uma resposta da comunidade. Recentemente, o cientista da computação Craig Wright ameaçou mover um processo contra o Bitcoin.org e Bitcoincore.org. Ambas cuidam da guarda do white paper há anos.

Desde 2016, Wright se autointitula como o verdadeiro Satoshi Nakamoto, alegação que nunca foi provada. Em 2019, ele solicitou o registro de direitos autorais sobre o white paper.

Por conta disso, ele tem ameaçado processar pessoas e instituições que disponibilizam o documento gratuitamente. E a reação da comunidade, pelo visto, tem chegado até altos escalões.

Leia também: Analista destaca 4 criptomoedas em DeFi e IoT para investir

Leia também: PF negocia Bitcoins apreendidos da TraderGroup com Mercado Bitcoin

Leia também: Analista da Bloomberg: Bitcoin é um ativo potencialmente revolucionário

Forex Crypto News: Cripto Facil