O que falta para o Bitcoin atingir US$ 1 trilhão em valor de mercado?

O que falta para o Bitcoin atingir US$ 1 trilhão em valor de mercado?

Durante breves momentos nesta sexta-feira (12), o valor de mercado do Bitcoin atingiu os US$ 900 bilhões. A renovação de sua máxima histórica contribuiu para o número expressivo.

Por conta disso, o Twitter passou a iniciar uma nova contagem regressiva. O objetivo? Adivinhar quando o BTC vai atingir o seleto grupo de ativos com US$ 1 trilhão em valor de mercado.

Atualmente, a criptomoeda ocupa a 7ª colocação entre os maiores ativos em valor de mercado. No que se refere a empresas, apenas cinco companhias atingiram esta marca simbólica:

  • Apple (US$ 2,2 trilhões);
  • Microsoft (US$ 1,843 trilhão);
  • Saudi Aramco (US$ 1,841 trilhão);
  • Amazon (US$ 1,6 trilhão);
  • Alphabet/Google (US$ 1,4 trilhão).
Bitcoin está próximo de entrar para grupo seleto
Bitcoin está próximo de entrar para grupo seleto. Fonte: AssetDash.

Negociado aos US$ 47,9 mil – cerca de R$ 257 mil em reais – o Bitcoin pode quebrar o recorde do trilhão nos próximos dias. Mas o que exatamente falta para isso acontecer?

Conjunto de fatores impulsiona Bitcoin

A comunidade de criptoentusiastas no Twitter já faz as contas para a quebra do marco. Segundo o perfil Bitcoin Archive, a meta do trilhão já está 89% concluída. Há cerca de 3 dias atrás, ela estava em 81%.

Contagem regressiva para chegada do Bitcoin ao US$ 1 trilhão
Contagem regressiva para chegada do BTC ao US$ 1 trilhão. Fonte: Bitcoin Archives/Twitter.

Na verdade, um marco importante já foi superado desde terça-feira (9). Naquele dia, o valor de mercado combinado do Bitcoin e da Ether (ETH) superou US$ 1 trilhão. E assim se mantém até o momento.

Bitcoin e ETH somadas já se aproximam de US$ 1,1 trilhão em valor de mercado
BTC e ETH somadas já se aproximam de US$ 1,1 trilhão em valor de mercado. Fonte: CoinMarketCap

Existem muitas especulações a respeito do que pode levar o Bitcoin chegar a US$ 1 trilhão. Alguns dizem que o estímulo de US$ 1,9 trilhão do presidente dos EUA, Joe Biden, já colocou a moeda a caminho do trilhão.

O pacote – equivalente a R$ 10 trilhões na cotação atual – vai gerar ainda mais impressão de dinheiro. Com isso, o dólar tende a perder ainda mais valor, favorecendo ativos como o Bitcoin.

Há quem diga que a aprovação de um ETF de Bitcoin vai levar a criptomoeda aos trilhão. Esse fundo permitiria mais entrada de investidores institucionais, dando mais impulso para o preço.

US$ 53 mil como preço-alvo

No Twitter, houve quem saísse do campo da especulação e resolveram apostar no preço. Foi o caso do usuário Plan C.

Em sua conta, ele disse que o Bitcoin precisaria atingir US$ 53.695 mil para que seu valor de mercado atingisse US$ 1 trilhão. O preço equivaleria a R$ R$ 284 mil na cotação atual – portanto, bem próximo do valor do BTC neste momento.

Usuário crava preço para Bitcoin superar marca trilionária
Usuário crava preço para Bitcoin superar marca trilionária. Fonte: PlanC/Twitter.

Levando em conta as recentes notícias, com bancos e processadoras de pagamentos como Visa e Mastercard anunciando suporte ao Bitcoin, o valor pode demorar menos do que se imagina.

Leia também: Próxima resistência do Bitcoin é em R$ 270 mil, prevê Mercado Bitcoin

Leia também: Fundstrat: Bitcoin a R$ 500 mil em 2021, mas Ethereum sobe mais

Leia também: Criptoativo DeFi pode deixar investidores milionários, aponta trader

Forex Crypto News: Cripto Facil