Nubank anuncia início de operações na Colômbia

Nubank anuncia início de operações na Colômbia

O Nubank anunciou nesta quarta-feira (30) o início de suas operações na Colômbia.

A fintech pretende investir no mercado colombiano US$ 150 milhões (mais de R$ 700 milhões) nos próximos oito anos.

O primeiro produto a ser oferecido pelo Nubank será o cartão de crédito. No país, apenas cerca de 25% da população adulta utiliza esse meio de pagamento.

Portanto, trata-se de um mercado que tem muito a ser explorado.

Ambiente favorável

Conforme noticiou o Estadão, a Colômbia agora se junta a Brasil, Argentina e México, países onde o Nubank já opera.

Tanto no Brasil quanto no México a fintech também iniciou suas operações ofertando cartões de crédito. Já na Argentina, por enquanto, não há nenhum produto no mercado, já que o Nubank ainda aguarda uma melhora da crise econômica do país.

“Depois do sucesso que temos tido no Brasil e no México, estou orgulhoso de anunciar a chegada do Nubank ao meu país natal. Queremos levar para a Colômbia o jeito Nubank de reinventar os serviços financeiros e impactar positivamente milhões de colombianos”, afirmou o colombiano David Vélez, um dos fundadores e presidente executivo da fintech brasileira.

A expectativa da empresa é encontrar no país um ambiente favorável para oferecer soluções financeiras. 

Isso porque, na Colômbia, atualmente apenas cinco grupos financeiros dominam 80% do mercado. Além disso, entre 70% e 85% das transações ainda são realizadas em dinheiro. 

Nesse sentido, a gerente geral do Nubank na Colômbia, Catalina Bretón, destacou:

“Ainda é muito baixa tanto a penetração do cartão de crédito no país como o número de colombianos que têm dinheiro poupado nos bancos. Se avaliarmos que mais da metade da população tem um smartphone e cerca de 70% dos domicílios têm acesso à internet, vemos que a oportunidade de inclusão financeira e bancarização é enorme.”

Investimentos no mercado colombiano

O Nubank pretende investir ainda em um centro de engenharia, design e dados em Bogotá, capital colombiana.

A operação chamada de Nu Colômbia segue o padrão adotado no México, onde a fintech se apresenta como Nu México.

Leia também: Família vende tudo e investe em Bitcoin aguardando valorização

Leia também: Real Digital pode economizar R$ 70 bilhões ao Brasil, diz Bacen

Leia também: PicPay prejudica clientes novamente com problema no auxílio-emergencial

Forex Crypto News: Cripto Facil