NegocieCoins: clientes acusam divergência em saldos na nova plataforma

NegocieCoins: clientes acusam divergência em saldos na nova plataforma

Recentemente, a NegocieCoins retornou às atividades com a mensagem inicial de “Seja bem-vindo à melhor exchange do Brasil”. Hoje, 29 de janeiro, um leitor do CriptoFácil relatou que a plataforma da exchange começou a apresentar saldos antigos de seus investidores, contudo, com valores diversos.

Em uma consulta a diferentes fontes, foi constatado que realmente os valores “migrados” estão diferentes na nova plataforma.

De 8 BTC para R$8 mil

O primeiro investidor consultado pelo CriptoFácil verificou seu saldo na plataforma e retornou dizendo que o valor apresentado não condizia com o que possuía preso na plataforma. Ele relata que possuía pouco mais de oito Bitcoins, mas que a plataforma transferiu seu saldo como pouco mais de R$8 mil – R$8.827,47, para ser mais preciso. O investidor, que pediu para não ser identificado, conta:

“Eu não faço a mínima ideia de onde saiu esse valor. Eu tinha mais de oito Bitcoins, e nada em Real. Esse valor não faz sentido algum, não faço ideia de qual cálculo fizeram para chegar nesse valor, e não consta nenhum Bitcoin nessa conta nova. Não faço a mínima ideia de onde veio [o valor].”

É possível, tendo em vista a repetição do número “oito”, que o saldo tenha sido migrado erroneamente como Reais e não como Bitcoins. De qualquer forma, o valor diverge daquele alegado pelo investidor.

Além deste caso, o CriptoFácil procurou um representante de clientes com valores retidos no Grupo Bitcoin Banco. Tais clientes, na época em que resolveram demandar judicialmente os valores, fizeram uma ata notarial para certificar os montantes presos junto à empresa.

Em um resumo compartilhado com o CriptoFácil, estas são as divergências apontadas por dois investidores:

“Cliente 1:

Ata notarial fala em saldo de:
R$ 10.000,00
1,2673 BTC

Nova plataforma:
R$ 50.545,52
0,40384 BTC

Cliente 2:

Ata notarial fala em saldo de:
R$ 30.200,01
26,448238 BTC
2,290313 BCH

Nova Plataforma:
tudo zerado.”

O Grupo Bitcoin Banco por meio de sua assessoria de imprensa, que emitiu a seguinte declaração:

“Todo o processo segue um protocolo estabelecido pela Recuperação Judicial, isto explica a extensão no endereço eletrônico. Questionamentos sobre saldos devem ser feitos pelos clientes dentro do protocolo estabelecido no processo da Recuperação Judicial. Todos os movimentos seguem um padrão definido juntamente com o Administrador Judicial.”

Leia também: Volume de opções de Bitcoin negociado pela Bakkt registra forte queda na última semana

Forex Crypto News: Cripto Facil