MicroStrategy arrecada mais de R$ 3 bilhões para comprar Bitcoin

MicroStrategy arrecada mais de R$ 3 bilhões para comprar Bitcoin

A MicroStrategy é uma empresa listada na Nasdaq, uma das maiores bolsas de valores do mundo. Ela chacoalhou o mundo das criptomoedas ao investir mais de R$ 1 bilhão em Bitcoin (BTC).

Posteriormente, houve um investimento ainda maior em BTC, mas não parou por aí.

Nesta sexta-feira (11), a MicroStrategy anunciou em seu blog que vendeu mais de R$ 3 bilhões em notas conversíveis. Os valores serão usados para comprar mais Bitcoin.

MicroStrategy investe pesado em Bitcoin

Ao todo, foram angariados US$ 650 milhões com a venda das notas conversíveis. Trata-se de um título de dívida junto à empresa.

Conforme noticiado pelo CriptoFácil, ainda em 8 de dezembro foi anunciado que a empresa buscava captar cerca de R$ 2 bilhões.

O valor avançou para algo próximo de R$ 3 bilhões e agora, na cotação atual do dólar, o montante beira os R$ 3,2 bilhões.

O CEO da empresa, Michael Saylor, tem se mostrado muito interessado em BTC. Até mesmo a descrição de seu perfil no Twitter afirma que “Bitcoin é esperança”.

A iniciativa, em suma, é um “empréstimo” que a MicroStrategy adquire de investidores interessados.

Elas rendem aos compradores 0,75% ao ano, e serão pagas anualmente até 2025. Caso uma nota não seja recomprada, o investidor pode trocá-la por dinheiro, ações da empresa ou ambos.

Conforme dito expressamente no anúncio, a quantia será usada para investir em Bitcoin:

“A MicroStrategy pretende investir o montante arrecadado na venda das notas em Bitcoin, em concordância com sua Política de Reserve de Tesouro e outros propósitos corporativos.”

A MicroStrategy calcula que o valor arrecadado em dólares seja de US$ 634,9 milhões, após descontos.

Somados aos já R$ 3,9 bilhões investidos em BTC pela empresa, a MicroStrategy terá uma exposição superior a R$ 7 bilhões ao criptoativo.

Nem todos gostam de Bitcoin

Embora a empresa tenha valorizado 16% na Nasdaq após a compra de Bitcoin, parece que nem todos os investidores concordam com a incursão na esfera das criptomoedas.

O Citigroup, conforme relatado pelo CriptoFácil, diminuiu seus investimentos na MicroStrategy após o anúncio da venda de notas conversíveis.

Até o momento, esta foi a única reação negativa tornada pública em relação à iniciativa.

Tendo em vista a grande exposição ao Bitcoin, nota-se que a MicroStrategy não está interessada apenas no hype atual — mas no panorama de longo prazo do BTC.

Leia também: Confira 6 criptomoedas que subiram mais que o Bitcoin

Leia também: Fidelity permite Bitcoin como garantia para empréstimos

Leia também: Gigante de seguros dos EUA compra R$ 500 milhões em Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil