Mercado Bitcoin é primeira exchange a compensar emissões de carbono

Mercado Bitcoin é primeira exchange a compensar emissões de carbono

A exchange brasileira de criptomoedas Mercado Bitcoin (MB) anunciou nesta terça-feira (12) que irá compensar suas emissões de gases de efeito estufa desde a sua fundação, em 2013.

Para isso, a exchange contará com a parceria e expertise da MOSS. Trata-se da primeira plataforma ambiental do mundo a tokenizar créditos de carbono negociáveis.

Com a iniciativa, o MB se tornará a primeira corretora de criptomoedas do mundo a compensar toda sua emissão de carbono.

Além disso, a parceria prevê a comercialização dos tokens da Moss pelo Mercado Bitcoin. O MCO2, lançado pela Moss em 2020, é o primeiro token lastreado em crédito de carbono do mundo.

O ativo digital é usado por pessoas e empresas para compensação de pegadas de CO2.

Bitcoin Verde visa compensar emissão de carbono

Em um comunicado encaminhado ao CriptoFácil nesta terça-feira (12), o MB explicou que, com a oferta do MCO2, a exchange atende um anseio dos clientes que desejam se conectar com projetos da área socioambiental.

Agora, mais de 2,2 milhões de clientes poderão comprar, armazenar e compensar créditos de carbono na plataforma.

Sobre a parceria, o diretor de Novos Negócios da MB Digital Assets (MBDA), Fabricio Tota, destacou:

“Essa é uma iniciativa que muda a vida das pessoas, pois permite compensar a emissão de carbono remunerando projetos de preservação do meio ambiente com toda a transparência e a segurança que a tecnologia Blockchain oferece.”

Conforme informou o comunicado, o MCO2 tem o maior estoque de créditos de carbono da história: 2 milhões de toneladas. Esse volume equivale, portanto, a um valor de mercado de US$ 36 milhões. Ou seja, quase R$ 200 milhões na cotação em reais.

Por fim, Tota ressaltou que a chegada da MOSS pode atrair novos interessados em contribuir com a preservação da biodiversidade e a mitigação das mudanças climáticas.

“Quando analisamos o token da MOSS vimos que era sustentável, concreto, confiável e vantajoso para todas as partes interessadas”, avaliou.

Leia também: Veterano das criptomoedas perde R$ 500 mil em golpe

Leia também: CriptoAwards 2021: evento será realizado em março

Leia também: Trader com R$ 1 bilhão em criptomoedas revela seus investimentos

Forex Crypto News: Cripto Facil