Lightning Labs recebe US$10 milhões para construir rede de pagamentos para o Bitcoin

Lightning Labs recebe US$10 milhões para construir rede de pagamentos para o Bitcoin

Conforme noticiado pela Forbes nesta quarta-feira, 05 de fevereiro, a Lightning Labs recebeu US$10 milhões em uma rodada de investimento que contou com ex-figurões da Goldman Sachs e outros membros do ramo tradicional das finanças.

A intenção é direcionar o investimento para expandir a rede de pagamento, a fim de permitir que companhias e indivíduos gastem Bitcoin de forma tão simples quanto são utilizados serviços tradicionais, como a Visa.

Ampliando a rede

A rodada de financiamento ocorreu junto com o lançamento do primeiro produto de serviços financeiros, o Lightning Loop. A intenção é monetizar por meio da segunda camada construída sobre a blockchain do Bitcoin, tornando mais fácil para startups aceitarem a criptomoeda.

Após empresas com o BitPay e Coinbase apontarem um crescimento no número de compras utilizando Bitcoin, a rodada de financiamento aliada à esta informação pode ser algo positivo para aumentar a adoção da Lightning Network.

Em janeiro deste ano, a Lightning Labs também afirmou estar construindo uma rede de pagamentos para a blockchain Bitcoin. Elizabeth Stark, CEO e cofundadora da Lightning Labs, afirmou:

“Nós estamos construindo uma rede como a da Visa para o Bitcoin. Porém, o que eu acho que é poderoso é que, diferente da Visa, qualquer um pode construir sobre esta nova rede.”

A Lightning Labs está construindo um sobre a Lightning Network, que conta com 11 mil nós e depende da rede do Bitcoin em termos de liquidez, diferenciado-se da Visa que depende do sistema financeiro tradicional.

Seu novo desenvolvimento, Lightning Loop, auxilia empresas a armazenar Bitcoins sem a ajuda da Lightning Labs ou de outro terceiro, custodiando criptomoedas. Isso se difere de soluções de custódia onde softwares fornecem a guarda das criptomoedas para seus clientes – ou seja, a própria empresa custodiará seus criptoativos. A plataforma, segundo Stark, duplicou de volume dentro dos 90 dias em que foi liberada para um público teste.

Stark conclui afirmando ser possível capitalizar sobre uma rede de código aberto:

“As pessoas pensam: ‘Lightning é open source, como você tira dinheiro disso?’. Nós estamos construindo um novo tipo de rede financeira para mercados financeiros, que possui diversas possibilidades interessantes.”

Leia também: Square anuncia kit de desenvolvimento para Lightning Network

Forex Crypto News: Cripto Facil