Lenda do pôquer dá dicas de trade com criptomoedas

Lenda do pôquer dá dicas de trade com criptomoedas

Não é novidade que Bitcoin e pôquer possuem uma relação próxima. Muitos jogadores utilizam a criptomoeda para resgatar ganhos de torneios online, por exemplo.

Uma dessas jogadoras é Annie Duke. Ela foi vencedora do World Series of Poker (WSOP) de 2004, considerado o campeonato mundial da modalidade.

Além disso, ela venceu o Campeonato Nacional de Heads-Up Poker em 2010. E durante anos, Duke foi a mulher que mais conquistou prêmios em dinheiro nos torneis de pôquer.

Em uma entrevista à Forbes, Duke conta como foi a sua carreira e como ela utilizou o seu dinheiro para investir. Além, claro, sobre investimento em Bitcoin.

Investindo em Bitcoin

Na entrevista, a primeira dica que Duke revela é que o investidor precisa ficar atento. Para ela, é muito importante saber diferenciar palpites corretos da sorte.

“Quando se trata de algo como investir em algo altamente volátil, como criptomoedas, isso se torna muito, muito importante. Você precisa ser capaz de separar o que foi devido à sorte e as suposições que você fez”, alerta.

Outra dica da jogadora é avaliar o porquê daquele investimento estar sendo feito. O investidor deve evitar o comportamento de manada, investindo onde não conhece.

“Digamos que eu tenho alguém que está interessado em Bitcoin. Quando estou fazendo esse investimento, quero entender por que acho que o investimento é bom. E preciso saber bem disso”, destaca.

Outra questão é a respeito da hora de sair. Embora muitos investidores de Bitcoin pensem no longo prazo, Duke alertou que saber a hora de vender também é importante.

“Também é preciso dar um segundo passo, que é determinar as condições de venda. Ou seja, o que precisaria acontecer para entender que suas suposições estavam erradas ou que (o ativo) não mais um bom investimento.”

Dicas para traders

A ex-campeã também falou sobre trading. A atividade tem crescido no mundo inteiro por causa da pandemia. No entanto, muitas pessoas estão perdendo dinheiro com essa atividade, especialmente day trade.

Para Duke, a atividade de trade exige um grande preparo mental. E assim como no pôquer, a falta de preparo pode levar à tomada de decisões equivocadas.

“Quando alguém está checando o preço de um ativo o tempo todo, ele vai sentir a oscilação do mercado. Isso pode distorcer as decisões de uma maneira bastante ruim. No pôquer chamamos isso de tilt.”

O tilt é um estado no qual o jogador perde a concentração no jogo, geralmente por irritação. Com isso, ele passa a tomar uma série de decisões que podem levá-lo à perda total.

Além de calma, ela sugeriu tirar o foco do preço no curto prazo. Se a estratégia do investidor é de longo prazo, ele deve parar de ver os preços todo dia, seja das ações, seja do Bitcoin.

“Ao investir, você pode escolher (não olhar os preços todo dia). Isso é importante porque sabemos que haverá variações naturais, e as pessoas tendem a se sair melhor decisões quando não estão verificando todos os dias”, finaliza Duke.

Leia também: Nubank destaca Bitcoin como marco histórico para o dinheiro

Leia também: Sem Bitcoin: argentinos preferem DAI para fugir da crise

Leia também: Binance vai dar iPhone 12 e criptomoedas para brasileiros

Forex Crypto News: Cripto Facil