Governo da Finlândia planeja venda de 2.000 Bitcoins apreendidos

Governo da Finlândia planeja venda de 2.000 Bitcoins apreendidos

O governo da Finlândia pretende realizar a venda de 1.981 Bitcoins em breve. A informação foi divulgada pelo portal local Helsingin Sanomat.

Segundo a notícia, a venda será realizada pela Tulli, uma espécie de departamento do consumidor finlandês. Os Bitcoins foram apreendidos em uma operação de combate às drogas em 2016.

Silk Road finlandês

A maioria dos Bitcoins foi apreendida por meio do site Douppikauppa (finlandês para “loja de drogas”). O domínio era uma espécie de “Silk Road” finlandês e era o maior operadora do Valhalla, um mercado de drogas que funcionava na dark web.

O site ganhou notoriedade depois de uma entrevista ao Deep Dot Web. A operadora teria se gabado de que eles “jamais seriam pegos” pelas autoridades.

Além disso, o Douppikauppa zombou da cibersegurança finlandesa. Eles afirmaram que os esforços de cibersegurança finlandeses não eram eficaz para rastrear usuários de redes criptografadas como o Tor.

Pekka Pylkkänen, CFO da Tulli, disse que o departamento venderia os Bitcoins por conta própria ou por meio de um intermediário. A venda ocorrerá nos próximos meses, mas não há um cronograma oficial.

Ele acrescentou que o departamento pesou outras opções antes da decisão atual. Inclusive, a agência considerou até destruir os Bitcoins apreendidos.

“Em nome da Lei de Alfândega, tínhamos a opção de entregá-los a outra agência governamental ou outra parte e destruí-los”, disse.

Lucro exorbitante

Na época, o preço da criptomoeda estava em torno de US$ 600. O total correspondia a cerca de US$ 1,2 milhão à época.

A operação de venda ainda está sendo planejada. Mas caso o governo finlandês consiga vender ao preço atual (US$ 41 mil), o valor resultante será de aproximadamente US$ 81 milhões.

Em reais, o lucro torna-se ainda mais contundente. Em 2016, os Bitcoins valiam cerca de R$ 4,2 milhões na cotação da época. Hoje, o valor corresponde a impressionantes R$ 429 milhões. Uma valorização de 100 vezes em quatro anos.

Ainda não se sabe como será essa venda ou se ela terá algum impacto no preço do Bitcoin.

Leia também: Binance lança poupança de YFI que rende até 4,5% ao ano

Leia também: Bitcoin já é maior que Facebook em valor de mercado

Leia também: Instabilidade de exchanges é sinal de topo do Bitcoin, diz Fernando Ulrich

Forex Crypto News: Cripto Facil