Gmail fica fora do ar por uma hora e prejudica usuários de criptomoedas

Gmail fica fora do ar por uma hora e prejudica usuários de criptomoedas

Usuários do Google tiveram um grande problema no início desta segunda-feira (14). Os principais serviços da gigante de tecnologia, até mesmo o Gmail, ficaram fora do ar por uma hora.

A falha atingiu os seguintes serviços, mas teve um forte impacto especialmente nestes nove:

  • Gmail;
  • YouTube;
  • Google Maps;
  • Google Drive;
  • Google Docs;
  • Play Store;
  • Agenda (Calendar);
  • Fotos;
  • Classroom (Sala de Aula).

Além disso, vários outros serviços não funcionavam ou davam erro 500. A situação teve início por volta das 9h e durou cerca de uma hora.

Após esse período, os serviços voltaram a funcionar gradualmente.

Serviços atingem pico de reclamações

Com a queda, os serviços do Google registraram picos de reclamações no DownDetector. O site mostra problemas de acesso em vários sites ao redor do mundo.

Segundo o DownDetector, o Google Drive não possuía registro de reclamações até às 8h28 (horário de Brasília). Porém, 15 minutos depois, as reclamações já saltaram para 3662.

Número de reclamações de acesso ao Google Drive
Número de reclamações de acesso ao Google Drive. Fonte: DownDetector

Entre as reclamações, as mais comuns foram de dificuldade de acessos. Cerca de 79% dos usuários relataram problemas com o aplicativo, enquanto 16% tiveram problemas com o login.

Tipos de reclamações dos usuários.
Tipos de reclamações dos usuários. Fonte: DownDetector

Até às 8h22, o Gmail registrava cerca de 6 reclamações de acesso, próximo da média diária. No entanto, às 8h37 o número já havia saltado para impressionantes 1.551.

Taxa de reclamações de acesso ao Gmail
Taxa de reclamações de acesso ao Gmail. Fonte: DownDetector

Em relação aos problemas detectados, 80% das reclamações eram de acesso. Os usuários não estavam conseguindo fazer o login em suas contas de e-mail.

Principais problemas relatados pelos usuários
Principais problemas relatados pelos usuários. Fonte: DownDetector

Às 9h52 deu a instabilidade como resolvida.

“Tenha certeza de que a confiabilidade do sistema é uma prioridade para o Google, e estamos fazendo aprimoramentos contínuos para tornar os nossos sistemas melhores”, disse a empresa.

Queda prejudica usuários de exchanges

A queda nos serviços do Google afetou milhões de pessoas em todo o mundo. No entanto, ela foi particularmente prejudicial para os usuários de exchanges de criptomoedas.

Isso ocorreu porque as principais exchanges costumam enviar códigos de acesso por e-mail. E sem esses códigos, o acesso dos clientes às plataformas não pode ser realizado.

Vários usuários relataram problema para fazer saques em exchanges de criptoativos no Brasil e em todo o mundo. Clientes da Binance, Bitfinex, e Foxbit, por exemplo, pedem confirmação para ações de saque via link enviado ao e-mail.

Portanto, quem utilizou o Gmail para fazer seu cadastro na exchange não conseguiu acessar o link. Por isso, ficou incapacitado de aprovar alguma operação de saque.

Até o momento, o Google não esclareceu os motivos para o ataque. Segundo o Cointelegraph Brasil, fontes ligadas ao governo dos Estados Unidos suspeitam de ataques hackers.

Leia também: Canal “Ei Nerd” é hackeado e usado em golpe para roubar XRP

Leia também: Binance compara crescimento de criptomoedas com Amazon e Google

Leia também: Token CREAM tem chances de valorizar, defende analista

Forex Crypto News: Cripto Facil