Gigante adota Bitcoin e supera US$ 1 bilhão em receita pela primeira vez

Gigante adota Bitcoin e supera US$ 1 bilhão em receita pela primeira vez

Após ver sua receita com Bitcoin triplicar no segundo trimestre de 2020, a Square anuncia um novo recorde.

Pela primeira vez na história, a receita da empresa com Bitcoin superou US$ 1 bilhão (R$ 5,5 bilhões). A informação veio do balanço da Square divulgado na quinta-feira (5).

Bitcoin gera receita bilionária à Square

A empresa afirmou no balanço:

“O Cash App (aplicativo de pagamentos da empresa) gerou US$ 1,63 bilhão (R$ 9 bilhões) de receita de Bitcoin e US$ 32 milhões (R$ 176 milhões) de lucro bruto de BTC durante o terceiro trimestre de 2020.”

O crescimento foi exponencial. Segundo a empresa, a alta foi de 11 e 15 vezes na comparação ano após ano, respectivamente.

Para efeito de comparação, no segundo trimestre de 2020, a Square vendeu US$ 875 milhões (R$ 4,8 bilhões) por meio Cash App, com US$ 17 milhões (R$ 93,5 milhões) em lucro.

Com isso, a receita total da Square com Bitcoin supera os US$ 2,8 bilhões (R$ 15 bilhões). Em 2019, a empresa vendeu US$ 516 milhões (R$ 2,8 bilhões). O crescimento foi de 5,4 vezes na comparação ano a ano.

Neste ano, a empresa tem batido recordes sucessivos de receita com BTC. A primeira vez que isso ocorreu foi em maio, com a venda de US$ 306 milhões (R$1,744 bilhão).

CEO da Square utiliza Bitcoin como investimento

Além da maior receita, a Square deu um passo adiante no terceiro trimestre. Ao invés de apenas negociar Bitcoin, a empresa adicionou oficialmente o criptoativo ao seu balanço patrimonial.

Em outubro, a empresa anunciou a compra de US$ 50 milhões (R$ 275 milhões) de Bitcoin como um ativo de seu caixa. O anúncio foi feito pelo CEO da empresa, Jack Dorsey, em sua carta aos acionistas.

“Anunciamos dois investimentos estratégicos. O segundo foi um investimento de $ 50 milhões em Bitcoin, que acreditamos ser a moeda nativa da internet e ajudar as pessoas a prosperar em todo o mundo e na economia”, disse.

Na época, o preço do Bitcoin estava pouco abaixo de US$ 11 mil. No momento em que este texto foi escrito, o criptoativo está avaliado em US$ 15.417 (R$ 85.694).

Leia também: 4 altcoins para ficar de olho além do Bitcoin

Leia também: Binance detalha motivos para a alta do Bitcoin

Leia também: Lightning Network anuncia protocolo DeFi para o Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil