Exchange brasileira dá dicas para evitar golpes de criptomoedas durante o coronavírus

Exchange brasileira dá dicas para evitar golpes de criptomoedas durante o coronavírus

Com o surto de coronavírus, não é incomum ver notícias sobre aplicativos e ataques que visam roubar informações – e criptomoedas – de pessoas incautas. Conforme já ressaltado pelo CriptoFácil, são centenas as iniciativas visando prejudicar as pessoas.

Com base nesse cenário, a BitcoinTrade encaminhou um comunicado ao CriptoFácil, no qual o COO da exchange, Daniel Coquieri, dá dicas sobre como evitar tais ataques.

Cuidado ao inserir informações

O comunicado começa ressaltando sobre como o mercado de criptoativos foi considerado um dos mais rentáveis em 2019. Porém, é necessário ter cuidado ao manejar informações, principalmente com a atual onda de golpes.

Daniel Coquieri afirma no comunicado que é “totalmente possível fugir desse tipo de ataque”. O COO da BitcoinTrade explica:

“Há alguns aspectos que podem ser levados em conta e detalhes que, se o investidor prestar atenção, conseguem fugir desses golpes, como o e-mail de origem e o fato de que as exchanges não costumam pedir dados pessoais por mensagem.”

A exchange então chama atenção para os links que um usuário pode receber por e-mail, devendo os mesmos sendo checados, e se eles direcionam para alguma página onde é necessário realizar login.

Erros de português e pedido de dados são indicativos

A grafia do e-mail também pode ser outro indicativo de que um golpe está ocorrendo pois, segundo a exchange, “muitas vezes mensagens de golpe contém erros e são mal escritas”. Coquieri reforça:

“Muitas vezes, ao ver o nome da empresa, o consumidor entende que está tudo bem se passar certas informações, mas vale ressaltar que é uma prática não comum a companhias sérias do mercado.”

Entretanto, mesmo com todos os cuidados, a exchange aponta para o fato de que hackers evoluem suas práticas conforme os desafios aumentam.

Desta forma, é importante se manter atento ao mercado, ao mesmo tempo em que se evita revelar dados por meio de e-mail. Coquieri conclui:

“Tão importante quanto a segurança e robustez da exchange, é a forma como os clientes cuidam das suas próprias informações de segurança.”

Leia também: Novo golpe foca em programadores para roubar criptomoedas

Leia também: Exchanges brasileiras ganham CNAE próprio; Entenda o que muda

Leia também: Estudo constata que surto de coronavírus foi bom para o Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil