Ethereum supera os US$ 600 e busca os US$ 1.200, prevê analista

Ethereum supera os US$ 600 e busca os US$ 1.200, prevê analista

Após o Bitcoin bater os aguardados US$ 20 mil, foi a vez do Ethereum (ETH) firmar um novo recorde anual.

A ETH conseguiu superar os US$ 600 nesta quarta-feira (16), apresentando uma valorização de mais de 7% nas últimas 24 horas. 

No momento da escrita desta matéria, a maior altcoin em valor de mercado está cotada a US$ 627, segundo a ferramenta WorldCoinIndex. Ou seja, cerca de R$ 3.220 na cotação em reais.

ETH sobe após anúncio da CME

Uma das notícias que pode ter impulsionado o criptoativo foi o anúncio do lançamento de contratos futuros de ETH para 2021 pela Chicago Mercantile Exchange (CME).

Conforme noticiou o CriptoFácil, a bolsa explicou que a novidade é resultado de uma crescente demanda dos clientes, bem como do crescimento robusto dos mercados de futuros de Bitcoin.

Para o analista Michael Van de Poppe, a notícia é extremamente otimista para a maturidade do mercado. 

E parece que todos entenderam a mensagem, já que a ETH subiu rapidamente.

“Ether está mostrando uma força significativa nos últimos meses, pois está testando a resistência pela quarta vez. Essa força está sendo parcialmente alimentada pelos movimentos fortes do Bitcoin, já que aquele acabou de quebrar o recorde histórico”, disse van de Poppe.

O analista ainda destacou que o gráfico da ETH está “gritando por mais altas” por conta dos desenvolvimentos recentes.

“Portanto, a ETH provavelmente atingirá um novo recorde anual se o Bitcoin se consolidar e não fizer nenhum movimento brusco”, analisou.

Ether pode chegar aos US$ 1.000 em 2021?

Para o analista, os US$ 1.000 (R$ 5.125) são um resultado possível se a ETH sustentar o momento atual.

No entanto, se o Bitcoin cair novamente, uma correção para US$ 430-470 ainda seria um resultado otimista, segundo ele.

“Nessa perspectiva, a próxima onda de impulso provavelmente levará a Ether para a região de US$ 800-850. Enquanto mesmo US$ 1.150-1.200 é uma possibilidade. Este último depende da força dos mercados”, afirmou.

Métricas cresceram substancialmente desde 2017

Um dos que comentou o movimento de alta da ETH foi o programador e influenciador Anthony Sassano.

No Twitter, ele forneceu uma tabela que mostra como algumas métricas cresceram desde 29 de novembro de 2017.

Na referida data, a ETH atingiu os US$ 500 mil pela primeira vez.

Na imagem compartilhada pelo influenciador, é possível verificar que o número de endereços únicos, por exemplo, saltou 900%. O mesmo percentual de aumento se deu no caso dos desenvolvedores ativos mensais.

Já as ETH bloqueadas em finanças descentralizadas (DeFi) subiram 150.000% desde 2017.

Confira a tabela abaixo:

Tabela de métricas da ETH em 2017 e 2020
Tabela de métricas da ETH em 2017 e 2020. Fonte: Anthony Sassano/Twitter

Leia também: Analista recomenda: não vendam suas criptomoedas agora

Leia também: Quadrilha desvia dinheiro de prefeitura para comprar criptomoedas

Leia também: Executivo da Ripple afirma: Bitcoin é à prova de balas

Forex Crypto News: Cripto Facil