Ethereum pode atingir US$ 500 com redução de influência do Bitcoin

Ethereum pode atingir US$ 500 com redução de influência do Bitcoin

A correlação da Ethereum (ETH) com Bitcoin está caindo mais uma vez. De acordo com dados da Coinmetrics, esta queda foi bastante significativa a partir de outubro deste ano.

Esse feito foi destacado pela equipe da Unfolded. Em seu perfil no Twitter, ela apontou que a correlação atingiu os níveis mais baixos desde o início de 2018.

Preço pode atingir US$ 500

Com o lançamento da Ethereum 2.0 e a queda na correlação com o Bitcoin, a ETH pode buscar novos níveis de preços.

No entanto, este caminho não será fácil. A ETH foi afetada negativamente pela liquidação do mercado no final de semana. O evento levou o Bitcoin a cair abaixo de US$ 14.800 e a ETH abaixo de US$ 420.

No entanto, ambos os criptoativos se recuperaram e voltaram a ter altas. Enquanto o Bitcoin recuperou os US$ 15 mil, a ETH já está em busca dos US$ 450, uma importante área de resistência.

Se a Ethereum conseguir fechar a semana acima desse preço, ela pode buscar novas altas. As resistências seguintes seriam US$ 470 e US$ 490.

Caso o criptoativo supere os US$ 490, seria questão de tempo até que o nível dos US$ 500 seja testado. E isso pode ocorrer nos próximos dias.

Ethereum 2.0 reduz força do BTC

Uma rápida visita ao gráfico revela que a correlação atual da ETH com o Bitcoin é alguns pontos menor do que era durante a explosão das finanças descentralizadas (DeFi).

No terceiro trimestre, o Ethereum tentou quebrar a barreira dos US$ 500. Porém, não houve sucesso.

Por outro lado, o lançamento do Ethereum 2.0 está se aproximando. A nova rede é bastante aguardada há anos pelos investidores e usuários.

De acordo com a última atualização de desenvolvimento da Ethereum 2.0, a Fase Zero precisará de pelo menos 16.284 depósitos de validador. Cada um deles precisará colocar 32 ETH (R$ 75 mil) cada para acionar o evento.

Segundo dados da CryptoQuant.com, este processo está 8,56% completo. Atualmente existem 44.864 ETH (R$ 105 milhões) depositados em antecipação ao ETH 2.0.

 

Leia também: Bitcoin contraria fama e é menos volátil que Apple e Tesla em outubro

Leia também: Dono da JJ Invest é preso após lesar clientes em R$ 170 milhões

Leia também: Bitcoin chegará aos R$ 500 mil em 2021, afirma famoso analista

Forex Crypto News: Cripto Facil