Ethereum atingirá US$ 500 ainda em 2020, diz especialista

Ethereum atingirá US$ 500 ainda em 2020, diz especialista

O Ethereum se aproveitou do anúncio da versão 2.0 e da recente alta do Bitcoin. No momento da escrita desta matéria, a altcoin está cotada a R$ 2.284,99 — uma alta de 2,52% em 24 horas.

Em dólares, o Ethereum está cotado a US$ 412,00. Embora tenha falhado em conquistar os US$ 450, um futuro positivo ainda poderá ser visto.

É o que defende o jornalista especializado no mercado financeiro Yashu Gola. De acordo com Gola, o Ethereum pode atingir os US$ 500 ainda em 2020, e dá 3 motivos.

Suporte no Bitcoin

Gola utiliza o par do Ethereum com Bitcoin (ETH/BTC) em vez do par com dólar ou real.

De acordo com ele, o par ETH/BTC caiu para a zona dos 0,02738 BTC. Essa região já serviu como suporte e resistência anteriormente.

O day trader conhecido como Wolf no Twitter afirmou que, caso o Ethereum mantenha esse suporte, um movimento de recuperação poderá ser feito.

Ademais, Wolf afirma que a recuperação do Ethereum pode desencadear uma temporada de valorização das altcoins, conhecida como “Alt Season”.

Formação de triângulo ascendente

O Ethereum sofreu uma correção ao atingir sua marca mais alta no ano, registrada no fim de setembro em US$ 490.

A correção durou até recentemente, agora que a maior altcoin em valor de mercado exibiu uma súbita alta.

Segundo Gola, essa movimentação criou um “canal de consolidação”. Por sua vez, o canal criou um padrão gráfico de “triângulo ascendente”.

Regra geral, o triângulo ascendente é uma tendência de alta que tem a ver com continuidade. Ela sinaliza um período prolongado de alta, que tem início com um rompimento acima de US$ 415.

Com um novo rompimento, o jornalista afirma que o Ethereum poderá crescer até US$ 178. Em outras palavras, o criptoativo pode chegar a US$ 593.

Fundamentos

Por fim, Yashu Gola mencionou os fundamentos do Ethereum como força motriz.

Até 1º de dezembro, conforme anunciado, começará a migração para o Ethereum 2.0. Isso permitirá que usuários de Ethereum realizem prova de participação, conhecido como staking.

Staking é quando um investidor deixa parte de suas posses travadas no protocolo para receber rendimentos em troca.

Isso fará com que, supostamente, o número de ETH em circulação no mercado diminua.

Por sua vez, essa possível diminuição na oferta, pode ajudar a impulsionar o valor do Ethereum — causando o rompimento dos US$ 500 ainda em 2020.

Leia também: Tokens pouco conhecidos valorizaram até 3.000% em 2020

Leia também: Investir em Bitcoin é fácil se você aprender aqui

Leia também: Ethereum dispara 6,5% com data de lançamento do Ethereum 2.0

Forex Crypto News: Cripto Facil