Estados Unidos integram blockchain em plano de segurança nacional

Estados Unidos integram blockchain em plano de segurança nacional

O governo dos Estados Unidos está pisando no acelerador na corrida para desenvolver projetos com tecnologia blockchain.

Prova disto é que o governo de Donald Trump incluiu a blockchain em sua Estratégia de Segurança Nacional (NSS).

Ao todo, o documento menciona 20 tecnologias que terão prioridade no governo. Além da blockchain, o documento inclui inteligência artificial, biotecnologias e computação avançada.

Ainda destaca tecnologias espaciais, sistemas autônomos, tecnologias de mitigação nuclear, inovações médicas e de saúde pública.

Rivalidade com China e Rússia

O objetivo dos EUA é liderar a pesquisa sobre a tecnologia. Assim, buscando inovações para o “crescimento econômico e segurança nacional”.

Nesse ponto, o documento menciona a rivalidade que mantém com outras nações, como China e Rússia.

“Nossa abordagem orientada para o mercado nos permitirá prevalecer contra os modelos administrados pelo Estado que produzem resíduos e não incentivam a inovação. Também nos protegeremos da concorrência desleal e evitaremos o uso de nossa tecnologia para atividades autoritárias”, destacou relatório divulgado pela Casa Branca.

Não está claro, no entanto, em quais áreas as Tecnologias de Contabilidade Distribuídas (DLTs, na sigla em inglês) teriam maior uso.

Nesse sentido, o documento apenas pontua que o país aproveitará as oportunidades para se beneficiar do panorama tecnológico. Dessa forma, focando “à frente de concorrentes estratégicos”.

Indústria global de blockchain

A declaração vem apenas três dias depois que a empresa PricewaterhouseCoopers (PwC) revelou que a China e os EUA seriam os centros da indústria global de blockchain na próxima década.

Além disso, as análises da PwC indicam que a tecnologia vai desempenhar um papel de liderança em várias áreas.

Dentre elas, a empresa destaca: rastreamento de produtos, pagamentos e serviços financeiros, identidade e contratos.

Ao mesmo tempo, pode ser útil em casos de resolução de disputas e compromissos com clientes.

O sinal verde de Trump para blockchain vem um ano após Xi Jinping anunciar que a China deveria assumir a liderança no desenvolvimento de blockchain.

“Devemos esclarecer a direção principal. Aumentar o investimento. Focar em uma série de tecnologias-chave e acelerar o desenvolvimento de tecnologias de blockchain e inovação industrial”, enfatizou Jinping na época.

Leia também: Tether vai superar valor de mercado do Ethereum em um ano, afirma analista

Leia também: Usuários relatam como é usar a moeda digital da China

Leia também: Coinbase, Gemini e Poloniex podem começar a noticiar transações ao governo

Forex Crypto News: Cripto Facil