Empresas estão interessadas em Bitcoin, aponta pesquisa

Empresas estão interessadas em Bitcoin, aponta pesquisa

Uma pesquisa encomendada pela seguradora de criptoativos Evertas entrevistou 50 investidores institucionais.

O objetivo era avaliar se investidores institucionais aumentariam seus investimentos em Bitcoin. E as respostas foram bastante otimistas.

Dos participantes, 26% participantes acredita que fundos de pensão, seguradoras, escritórios familiares e fundos soberanos aumentarão suas participações em criptomoedas “drasticamente”.

Já 64% dos participantes acreditam que o aumento na interação será moderado.

Por outro lado, esse grupo também espera que os fundos de hedge se engajem mais ativamente em criptoativos.

Por fim, 32% dos entrevistados acreditam que os fundos de hedge aumentarão drasticamente suas participações em criptoativos.

A pesquisa entrevistou 50 gestores, os quais gerenciam coletivamente mais de US$ 78 bilhões (cerca de R$ 421 milhões) em ativos nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Investidores otimistas com futuro do mercado

Os investidores institucionais parecem interessados ​​em investir em Bitcoin e outras criptomoedas.

Eles acreditam que as regulamentações irão melhorar e se tornar mais claras no futuro.

Outros acreditam que o mercado acabará se tornando maior. Isso proporcionaria melhor liquidez nas negociações, uma característica exigida pela maioria dos investidores institucionais.

À medida que o mercado melhora, muitos também acreditam que haverá uma gama maior de veículos de investimento para as instituições escolherem.

Recentemente, um ETF de Bitcoin foi aprovado em parceria com a Nasdaq e a gestora brasileira Hashdex.

A pesquisa também descobriu que ainda existem muitos obstáculos no caminho da adoção institucional dos criptoativos.

Mais da metade dos participantes disse estar preocupada com a falta de seguro para criptoativos.

Também existem preocupações com a qualidade dos serviços de custódia, mesas de operações, facilidades de comunicação e procedimentos de outras empresas que atuam no setor.

Para o CEO da Evertas, J. Gdanski, é preciso melhorar esses aspectos. Do contrário, o setor pode ficar de fora desse boom institucional.

“Nossa pesquisa mostra que os investidores institucionais estão entusiasmados com o aumento de sua exposição a criptoativos. Mas há claramente muitos problemas relacionados à infraestrutura que suporta esses mercados que ainda os preocupam. Isso claramente precisa ser tratado para que esse potencial possa vingar”, disse.

Leia também: Altcoins vão sofrer dura correção adiante, declara analista

Leia também: 3 tokens DeFi deram grandes lucros mesmo com queda

Leia também: Minerar Bitcoin não está dando lucro, revelam dados

Forex Crypto News: Cripto Facil