Dominância do Bitcoin despenca enquanto altcoins crescem

Dominância do Bitcoin despenca enquanto altcoins crescem

O Bitcoin é a criptomoeda mais popular do mundo atualmente.

Estatísticas comprovam esse fato, com destaque especial para a divisão do mercado de criptomoedas.

Dessa forma, o Bitcoin é a criptomoeda com a maior participação de mercado dentre todas as disponíveis.

Contudo, a taxa de dominância de mercado de Bitcoin está em queda, de forma consistente, há vários meses.

Com isso, ele está abrindo espaço para as criptomoedas alternativas (altcoins), bem como para o mercado finanças descentralizadas (DeFi).

Taxa de dominância do Bitcoin cai há vários meses

No gráfico, está exibida a participação do Bitcoin no mercado de criptomoedas nos últimos meses:

Taxa de dominância do Bitcoin
Taxa de dominância do Bitcoin

A taxa de dominância do Bitcoin está em queda desde o dia 07 de maio deste ano.

Naquela época, o Bitcoin ocupava 69% do mercado de criptomoedas.

Isso significa que aproximadamente 70% dos investimentos em criptomoedas estava destinado ao BTC em maio.

Entretanto, esta métrica está em 56,5%. Assim, a queda é expressiva quando comparada ao que foi apresentado no início de maio. Ainda é cedo para dizer se a queda da dominância do BTC é uma tendência de longo prazo.

A entrada de novos competidores no mercado acirra a disputa, embora muitos investidores novos apostem única e exclusivamente no Bitcoin, que é a criptomoeda mais conhecida pelo público leigo.

De todo modo, é necessário entender o que está motivando a queda na participação de mercado do Bitcoin.

Ethereum, altcoins e DeFi vivem um bom momento

No gráfico abaixo, está demonstrada a taxa de dominância do Ethereum (ETH):

Taxa de dominância do Ethereum
Taxa de dominância do Ethereum

Desse modo, apenas nos últimos três meses, a participação de mercado do ETH saltou 40,23%.

Atualmente, o Ethereum responde por 13,97% do mercado de criptomoedas, embora esse índice tenha sofrido uma leve queda nos últimos dias.

No entanto, é possível dizer que, de forma geral, os investidores de criptomoedas estão prestando mais atenção no Ethereum e nas outras altcoins.

O período de relativa estabilidade no preço do Bitcoin, nos meses de junho e julho, contribuiu para a busca de investimentos mais rentáveis por parte dos investidores.

Além disso, o mercado de criptomoedas está vivendo um “boom” com o DeFi (finanças descentralizadas). Isso está causando investimentos massivos em tokens como yearn.finance (YFI), Chainlink (LINK) e UMA.

Inclusive, o YFI conseguiu a façanha de superar, de longe, o preço do Bitcoin. Apesar da queda de 12% no valor do YFI nas últimas 24 horas, o token ainda vale R$ 158.261.

Finalmente, a evolução do preço do BTC vai ditar a sua participação no mercado de criptomoedas. Assim, caso ocorra uma valorização, é provável que a taxa de dominância do Bitcoin suba.

Leia também: Bitcoin pode chegar a R$ 200 mil em dezembro, revela estudo

Leia também: Bitcoin e Ethereum serão superados por token DeFi, revela analista

Leia também: Mineradora de Bitcoin lucra 700% vendendo energia ao estado

Forex Crypto News: Cripto Facil