DeFi aparece no “Roda a Roda Jequiti” dos Estados Unidos

DeFi aparece no "Roda a Roda Jequiti" dos Estados Unidos

O programa “Wheel of Fortune”, ou Roda da Fortuna, é um tradicional programa dos Estados Unidos. Na segunda-feira (25), o tema DeFi fez parte do programa através de um participante.

DeFi é a abreviação de finanças descentralizadas, conceito que conquistou bastante popularidade em 2020 e segue crescendo.

O participante “Jeremy” explicou ao apresentador do programa que trabalha no ramo de DeFi, e lida com “tudo que envolve blockchain”.

DeFi fica famoso

Para exemplificar a importância do feito, o Wheel of Fortune já existe há 45 anos. Desta forma, trata-se de um programa tradicional do povo estadunidense, assim como as “novelas das 8” da Globo.

Em outras palavras, as criptomoedas — especificamente DeFi — chegaram ao horário nobre da TV aberta dos EUA.

O sucesso é tanto que, há cerca de dez anos, o programa “Roda a Roda” no Brasil segue o formato do programa estadunidense.

O fato foi ressaltado no Twitter por Tyler Winklevoss, um dos gêmeos bilionários fundadores da exchange Gemini.

“Você sabe que DeFi está virando algo do mainstream quando começa a aparecer no Wheel of Fortune.”

Tyler Winklevoss fala sobre aparição de DeFi em programa. Fonte: Tyler Winklevoss/Twitter

O apresentador do programa, Pat Sajak, pergunta ao participante “Jeremy” se ele trabalha com finanças descentralizadas.

Jeremy então responde que sim, e tenta explicar o que é:

“Tudo que tem a ver com blockchain, Bitcoin e criptomoedas.”

Pat então responde de forma vaga, dizendo que agora estava entendendo o que Jeremy estava falando. Contudo, conforme observado por usuários do Twitter, a afirmação parece ter sido apenas uma formalidade.

Quem é Jeremy?

Jeremy é, na verdade, Jeremy Kerbel. Ele é diretor executivo da OSL e parceiro da Kerve Capital, ambas empresas que lidam com ativos digitais.

Daniel Armitage, chefe de crescimento da empresa de análise Nansen, brincou que Jeremy é o “Cara de DeFi do Wheel of Fortune”. Ainda segundo Armitage, ele é o equivalente do “Cara da placa de Bitcoin”.

O “Cara da placa de Bitcoin” ficou famoso em 2017, ao levantar uma folha escrito “Compre Bitcoin” atrás da atual Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen.

"Bitcoin Sign Guy".
“Bitcoin Sign Guy”.

Outro seguidor de Winklevoss brincou com o fato de DeFi chegar ao horário nobre nos Estados Unidos.

Thomas Paulov afirmou que, quando menos esperar, sua avó estará fazendo compras de criptomoedas na exchange descentralizada Uniswap.

Leia também: Governos vencem Bitcoin na briga por liberdade, diz professor de Harvard

Leia também: Instituições estão começando a comprar Ethereum, afirma Coinbase

Leia também: Apple e Google: analista prevê novas altas para ações em 2021

Forex Crypto News: Cripto Facil