Criptomoeda do Facebook pode ser lançada em março

Criptomoeda do Facebook pode ser lançada em março

A Diem, empresa do Facebook responsável pela emissão de criptomoeda (mais precisamente stablecoin), anunciou o fechamento de duas novas parcerias.

Trata-se da empresa de custódia Fireblocks e da plataforma First Digital Assets Group. A parceria, anunciada no site da Fireblocks, visa facilitar a aceitação da Diem como meio de pagamento nas empresas parceiras.

A Fireblocks é especializada em custódia de criptomoedas, enquanto a First Digital é uma empresa de pagamentos. Com a parceria, a Diem busca facilitar a sua integração com outras plataformas.

Por meio da parceria, bancos, bolsas, provedores de serviços de pagamento (PSPs) e eWallets se conectem ao Diem no primeiro dia.

“O que a Fireblocks e a First Digital construíram permite que comerciantes e provedores de serviços de pagamento usem a stablecoin Diem como um método de pagamento realmente integrado. “É como se eles aceitassem Visa, Mastercard ou outra forma de pagamento”, disse Michael Shaulov, CEO da Fireblocks.

Renomeada como Diem, a Libra do Facebook já está com alguns serviços em operação. Como relatou o CriptoFácil, a stablecoin já processo mais de 50 milhões de transações.

Stablecoin e pagamentos virão em breve

Junto com a facilidade de pagamentos, a Diem anunciou planos para suas futuras stablecoins. A criptomoeda afirma que está planejando seu primeiro protótipo, com lastro no dólar norte-americano.

Esta primeira stablecoin está prevista para ser lançada no primeiro trimestre de 2021. Ou seja, até o final de março. Porém ela terá poucos recursos, servido basicamente para testes

Mesmo assim, ela já virá com os conceitos de integração. A stablecoin poderá ser utilizada como moeda nas empresas ligadas à Associação Diem. Atualmente, Spotify, Farfetch, Lyft, Uber e Shopify fazem parte do grupo.

Ao que tudo indica, a stablecoin poderá ser utilizada para compras nessas empresas no futuro. PayPal, Mastercard e Visa já fizeram parte da Associação, mas abandonaram o projeto da antiga Libra.

DeFi e futuro das finanças

O sistema de pagamentos da Diem também permite reembolso de compras. Além disso, a stablecoin pode ser facilmente trocada por moedas fiduciárias, facilitando seu uso corrente.

Com isso, pagar os comerciantes ou salários de funcionários com Diem será mais fácil, disse Shaulov. Ele acrescentou que poderia ser usado em áreas como finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês).

Para o CEO da Fireblocks, a Diem ainda será um dos projetos para levar as criptomoedas para o mercado tradicional. No entanto, o projeto lida com vários atrasos e pressões de governos.

Mesmo com atrasos e mudanças no produto, ele acredita no poder do Facebook para impulsionar a criptomoeda e sua rede.

“Pense no impacto que o PayPal está tendo sobre o Bitcoin, levando-o a 350 milhões de usuários. O Facebook tem 2,5 bilhões de usuários. E eles sabem como obter a experiência do usuário certa. Eles sabem como tornar as coisas simples”, disse Shaulov.

Leia também: 5 melhores criptomoedas para fevereiro e março indicadas por analista

Leia também: Forbes: 10 projetos que mais influenciaram as criptomoedas

Leia também: Especialistas falam sobre motivos que fizeram o Bitcoin romper US$ 50 mil

Forex Crypto News: Cripto Facil