CME anuncia contratos futuros de Ethereum para 2021

CME anuncia contratos futuros de Ethereum para 2021

O CME Group é uma das empresas que oferece serviços de contratos futuros de Bitcoin (BTC). Agora, a empresa anunciou que o mesmo serviço será oferecido para Ethereum (ETH).

De acordo com o anúncio, os contratos estarão disponíveis em 8 de fevereiro de 2021.

O preço de referência é o ETHUSD_RR, também do CME Group.

Futuros de Ethereum

Assim como nos futuros de BTC, os contratos de Ethereum também serão liquidados em moedas fiduciárias.

Embora o produto já tenha sido anunciado, o vídeo de lançamento ressalta que ele ainda pende algumas aprovações junto aos órgãos reguladores.

Os horários de negociação também serão os mesmos. O ciclo de negociação será das 17h de domingo até as 16h de sexta-feira, horários do fuso central.

Ainda segundo o vídeo, o volume médio dos contratos será calculado a cada cinco minutos. Dentro de uma hora, 12 blocos de 5 minutos serão somados em outra média.

Ademais, cada contrato tem o valor de 50 ETH. Em outras palavras, caso o Ethereum esteja cotado a US$ 500 pelo ETHUSD_RR, o contrato terá um valor total de US$ 25 mil.

Por fim, vale ressaltar que os contratos terão duração de seis meses.

Aproveitando o hype?

O CME Group ficou conhecido no ramo de criptomoedas por lançar contratos futuros de Bitcoin durante o hype de 2017.

É possível que a decisão tenha sido tomada devido ao hype atual das criptomoedas. Embora o importante rompimento tenha sido realizado pelo BTC, o mercado das criptomoedas recebe atenção como um todo.

Importante também ressaltar que muito se espera do Ethereum agora com a grande atualização em sua blockchain.

O protocolo da maior altcoin em valor de mercado é tido por muitos como principal rede para desenvolvimento de aplicações descentralizadas (dApps).

Desta forma, é possível que o CME esteja apostando na força do Ethereum para os próximos meses.

Outro fator por trás da decisão da empresa pode ser a popularização do ramo de finanças descentralizadas, ou DeFi.

Segundo o DeFi Pulse, os 50 maiores projetos em DeFi se baseiam em Ethereum. De certa forma, esse dado confere um grande peso à altcoin.

De qualquer forma, resta saber se o CME Group receberá as aprovações regulatórias pendentes.

Leia também: Bitcoin rompe US$ 20 mil e registra maior preço da história

Leia também: Executivo da Ripple afirma: Bitcoin é à prova de balas

Leia também: Cardano se prepara para hard fork nesta quarta-feira; veja o que muda

Forex Crypto News: Cripto Facil