Clube compra ex-jogador do Real Madrid e paga em Bitcoin

Clube compra ex-jogador do Real Madrid e paga em Bitcoin

O ex-jogador do Real Madrid, David Barral, acaba de ser comprado pelo DUX Internacional de Madrid, um time da segunda divisão na Espanha, e o pagamento pelo passe do jogador foi feito em criptomoedas.

Esta pode ser a primeira vez que um jogador que já atuou na elite do futebol mundial tem seu passe negociado em criptoativos.

A negociação entre o DUX e Barral ocorreu por meio da empresa de criptomoedas Criptan. A companhia também é um dos patrocinadores do clube da segunda divisão.

Passe pago em Bitcoin

Embora o valor da negociação não tenha sido divulgado, todo o passe foi pago em Bitcoin, de acordo com a Criptan.

A contratação de David Barral pelo novo clube já foi formalizada. No entanto, ainda há dúvidas sobre o caso no meio futebolístico.

Isso porque as principais instituições que regem o futebol ainda não se manifestaram sobre a transferência. Se a transferência obtiver a aprovação das autoridades, poderá ser um grande ponto de mudança no futebol.

Futebol e criptomoedas

Como mencionado, esta pode ter sido a primeira vez na história em que um jogador tem seu passe vendido em Bitcoin. Mas o mercado de esportes está cada vez mais interessado em criptomoedas e blockchain.

Exemplo disso foi o jogador de futebol americano Russell Okung. Conforme noticiou o CriptoFácil, o atleta foi o primeiro a receber seu salário em Bitcoin. A estrela da NFL receberá metade de seus US$ 13 milhões de salários em BTC.

A negociação foi possível por meio de uma startup que permite aos usuários converter moedas fiduciárias em Bitcoin.

Além disso, os principais clubes de futebol como Barcelona, ​​Juventus, West Ham e Real Madrid se inscreveram para criar tokens de torcedor nos últimos anos. Sorare e Chiliz são duas das startups de criptomoedas que dominam este setor.

A Sorare digitaliza jogadores na forma de tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês), que podem ser usados ​​pelos fãs para competir entre si. Em contraste, Chiliz oferece tokens de fãs que podem ser usados ​​para comprar mercadorias e ser negociados nas plataformas.

Importante destacar que os NFTs têm sido vendidos a preços recordes, sugerindo o crescimento da indústria.

No ano passado, por exemplo, um card do jogador do PSG, Kylian Mbappe. foi leiloado por mais de 55.000 euros.

Leia também: Alta do Bitcoin a caminho? Tether imprime R$ 2 bilhões em USDT

Leia também: Ethereum rompe máxima histórica e valoriza mais que o Bitcoin em 2021

Leia também: Queda a caminho? Traders alavancam Bitcoin aguardando alta

Forex Crypto News: Cripto Facil