China possui a maior economia do mundo, aponta o FMI

China possui a maior economia do mundo, aponta o FMI

Um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostra que a China é o país mais rico da atualidade.

Desse modo, de acordo com o Fundo, a economia chinesa corresponde a US$ 24,2 trilhões (R$ 135,37 trilhões).

Enquanto isso, a economia dos Estados Unidos é avaliada pela instituição em US$ 20,8 trilhões (R$ 116,35).

Assim, a diferença de poderio econômico entre as duas potências equivale a mais de duas vezes o PIB brasileiro de 2019 (R$ 7,3 trilhões).

China é a maior potência econômica da atualidade, aponta FMI

O estudo completo é intitulado “Perspectiva Econômica Mundial: uma longa e difícil ascensão” e foi publicado em outubro de 2020.

Assim, no documento, o FMI aponta que a economia chinesa equivale a 135% da economia estadunidense; em 2004, o percentual era de 45%.

No entanto, a métrica utilizada pelo Fundo não é consenso entre os economistas.

Dessa maneira, na medição tradicional, o PIB chinês é de “apenas” US$ 14,6 trilhões (R$ 81,67 trilhões); porém, essa medição não considera o custo médio dos produtos e serviços.

Na China, o custo de vida é menor do que nos EUA. Isso significa que, com a mesma quantidade de dinheiro, os chineses levam mais compras para casa do que os estadunidenses, via de regra.

Por conta disso, o FMI e a CIA desenvolveram a “paridade do poder de compra” (“PPP”, na sigla em inglês).

O PPP elimina as diferenças de preços entre os países analisados, de acordo com os seus desenvolvedores.

Ademais, a métrica utilizada pelo FMI pode causar polêmica entre os estadunidenses, que estão acostumados a ver o seu país no topo da lista das nações mais ricas do mundo.

Notícia vem no momento em que a China avança com a sua moeda digital

A China está testando a sua própria moeda digital (“CBDC”, na sigla em inglês).

Porém, ao contrário dos EUA e da Europa, os chineses já estão avançados na sua iniciativa de digitalizar a moda fiduciária.

Atualmente, a China está conduzindo testes avançados com o yuan digital, que foi criado pelo Banco Popular da China.

Apesar de estar em fase de testes, alguns cidadãos já tiveram contato com a moeda, conforme reportado pelo CriptoFácil.

Finalmente, para alguns especialistas, o yuan digital poderá ser utilizado pela China para suprimir o dólar como a moeda de reserva global.

Leia também: “Sistema financeiro tradicional entrará em colapso em breve”, alerta especialista

Leia também: China testa transações anônimas em sua moeda digital

Leia também: Usuários relatam como é usar a moeda digital da China

Forex Crypto News: Cripto Facil