CEO do Brave afirma que usuários não aproveitam funções de criptomoeda do navegador

CEO do Brave afirma que usuários não aproveitam funções de criptomoeda do navegador

O navegador baseado em criptomoedas Brave recentemente superou a marca de 10 milhões de usuários e fechou importantes parcerias com grandes empresas do setor, como a exchange Binance. Ainda assim, seus usuários não parecem tirar proveito dos recursos de seu token, o Basic Attention Token (BAT).

Durante uma transmissão ao vivo realizada via Twitter na terça-feira, 05 de maio, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, conversou com Brendan Eich, CEO e cofundador do Brave. Eich disse que seu navegador habilitado para criptografia atingiu 13,8 milhões de usuários ativos mensais no final de abril, enquanto Zhao comentou: “essa é provavelmente a base de usuários mais ativa em criptoativos, para ser honesto.”

Ainda assim, Eich admitiu que a maioria dos usuários não usa seus recursos do BAT embutidos no navegador. Ele disse que o número de usuários que optam por ingressar no sistema de recompensas Brave Rewards – que paga BATs para quem visualiza anúncios do Brave – e tiveram suas carteiras ativas nos últimos 30 dias é de apenas 1,7 milhão, cerca de 12,32% do total de usuários.

Integrando os novos usuários

Como muitos usuários do Brave são novos no mercado de criptomoedas, Eich explicou que a empresa está tentando integrar esses usuários dando-lhes tokens gratuitos em troca de sua inscrição no Brave Rewards. Isso permite que os usuários participem do sistema e ganhem tokens que podem converter em outras criptomoedas ou doar automaticamente aos criadores de conteúdo cadastrados na plataforma.

“Quando lançamos o [Brave Browser] na área de trabalho, ele representava 40% do compartilhamento de navegadores e, ao adicionar dispositivos móveis, descobrimos que as pessoas estavam menos dispostas a usá-lo, mas estamos trabalhando para torná-lo mais atraente, mais conveniente, recompensando mais o usuário”, explicou Eich.

Bloqueando anúncios indesejados

Eich explicou que, quando um usuário navega na Internet, sua atividade é medida e rastreada, e todos os dados são usados ​​para direcionar anúncios. Ele explicou como o sistema funciona do ponto de vista do anunciante:

“As pessoas que trabalham em publicidade – trabalhando para as marcas que produzem os bens, produtos e serviços que compramos – gastam muito dinheiro para tentar fazer com que você compre seus produtos. E, portanto, investem dinheiro nesse sistema de anúncios digitais. Algumas fazem com que você veja um anúncio ou o rastreie para que eles possam decidir qual anúncio será exibido, mas no final do dia você não recebe nenhuma compensação por isso: tudo o que recebe são os anúncios e o rastreamento.”

Eich explicou que o navegador da Brave bloqueia a publicidade e o rastreamento tradicionais e, em vez disso, permite ao usuário optar por participar de um modelo de anúncios próprios do Brave Rewards e ganhe BATs por cada anúncio visualizado. Caso a pessoa opte por não participar do programa, ela não receberá nenhum anúncio.

Leia também: Binance está a procura de voluntários que falem português

Leia também: Binance lança nova aplicação para navegador Brave

Leia também: 5 passos para usar uma carteira de criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil