CEO da MicroStrategy tem R$ 1,3 bilhão em Bitcoin

CEO da MicroStrategy tem R$ 1,3 bilhão em Bitcoin

Michael Saylor é o CEO da MicroStrategy, empresa que ficou famosa por alocar as suas reservas financeiras no Bitcoin (BTC).

Agora, Saylor revelou que possui quase 18 mil BTC em sua reserva pessoal de criptomoedas.

Dessa maneira, o empresário possui US$ 235 milhões (R$ 1,3 bilhão) em BTC.

CEO da Microstrategy possui R$ 1,3 bilhão em Bitcoin

O empresário publicou a seguinte mensagem no Twitter:

@michael_saylor
@michael_saylor

“Alguém me perguntou quanto Bitcoin eu possuo. Pessoalmente, eu guardo 17.732 BTC que eu comprei numa média de US$ US$ 9.882 [R$ 56.562] cada um. Eu informei a MicroStrategy sobre essas reservas antes da companhia decidir comprar BTC para si mesma.”

Assim, Saylor já tinha comprado Bitcoin antes da MicroStrategy.

Ademais, a empresa se tornou a primeira companhia listada na Nasdaq a investir de forma institucional no Bitcoin.

À época da novidade, que aconteceu no mês de agosto, a maior parte da criptoesfera considerou a notícia positiva.

Para os entusiastas do Bitcoin, a adoção da criptomoeda pelas empresas tende a empurrar o seu preço para cima.

Investidor e empresa lucraram

Saylor afirma que comprou os 17.732 BTC a um custo médio de US$ 9.882.

Depois disso, o Bitcoin se valorizou para os atuais US$ 13.155 (R$ 76.083).

Isso significa que o empresário lucrou aproximadamente US$ 58 milhões (R$ 333 milhões) desde que comprou as suas criptomoedas.

No caso da MicroStrategy, a história é semelhante. A empresa possui 38.250 BTC (R$ 2,88 bilhões) em suas reservas.

O custo divulgado da operação da empresa foi de US$ 425 milhões (R$ 2,43 bilhões), incluindo taxas e outras despesas.

Desse modo, até o momento, a operação gerou um lucro de aproximadamente US$ 45 milhões (R$ 258 milhões) para a MicroStrategy.

Adoção institucional do Bitcoin está aumentando

A compra dos BTC pela MicroStrategy foi seguida por casos semelhantes de outras empresas.

No caso, a rede de restaurantes Tahinis converteu as suas reservas em Bitcoin em agosto:

“Como uma pequena companhia que começou em London (Canadá), nós operamos quatro unidades. Três franquias estão prestes a abrir no estado de Ontário. Acabamos de converter todas as nossas reservas de dinheiro em Bitcoin.”

Além disso, a Square, que é comandada por Jack Dorsey, CEO do Twitter, comprou US$ 50 milhões (R$ 286,63 milhões) em BTC recentemente.

Leia também: Bitcoin é um substituto para ouro, afirma fundador do Mercado Livre

Leia também: Bitcoin não ajuda os desbancarizados, critica CEO da Mastercard

Leia também: Bitcoin supera todos os fundos de investimento do Brasil em 2020

Forex Crypto News: Cripto Facil