Cardano valoriza 58% na última semana de maio

Cardano valoriza 58% na última semana de maio

Neste domingo, último dia do mês de maio, a Cardano entrou no top 10. Isso significa que a altcoin está entre as 10 maiores criptomoedas do mundo em valor de mercado.

Desde o dia 07 de julho de 2019, a Cardano não atingia o patamar acima de US$ 0,08. Contudo, no dia 31 de maio, a criptomoeda retornou à referida zona após valorizar 58% em uma semana.

O possível motivo atribuído à alta foi o anúncio da atualização Shelley.

Grandes ganhos

No momento da escrita desta matéria, a Cardano (ADA) está cotada a US$ 0,0821, uma valorização de 16,2% nas últimas 24 horas.

No dia 24 de maio, a ADA encerrou o dia cotada a US$ 0,0526. A altcoin se manteve na zona dos US$ 0,050, até um anúncio feito no dia 28 de maio. Após o anúncio, a ADA encerrou o dia cotada a US$ 0,0645.

Charles Hoskinson, fundador da Cardano, publicou no dia 28 de maio sobre a atualização Shelley. Este é, possivelmente, o motivo pela alta.

“Quando sai a Shelley? Aqui vai.”

Shelley é considerada uma etapa importante do projeto da Cardano. Segundo o roadmap, é nela que desenvolvimentos ocorrerão, por isso a expectativa e consequente valorização.

Desde então, a altcoin disparou e agora se encontra em patamares não visitados há mais de 10 meses.

Prova de participação é atrativo

O hard fork Shelley ocorrerá em 29 de julho, dando início à “Era Shelley”. Contudo, somente em 18 de agosto deste ano terá início outro atrativo do hard fork.

Trata-se das recompensas por prova de participação. Usuários que tiverem criptomoedas ADA em suas carteiras receberão um valor, assim como é feito com outros criptoativos.

Acredita-se que isso gerará escassez pelo fato de todos estarem interessados em recompensas. Consequentemente, pessoas também querendo recompensas buscarão a criptomoeda, possivelmente criando um aumento em seu preço incitado pela demanda.

Desta forma, a Era Shelley representa um atrativo para traders e a camada mais ideológica dos entusiastas. Por um lado, começa a dar um contorno maior no desenvolvimento do projeto; por outro, oferece meios de ganho aos seus detentores.

Leia também: Mais de 6% das fintechs brasileiras abertas em 2019 focam em criptomoedas

Leia também: Tether supera o XRP e se torna a terceira maior criptomoeda do mercado

Leia também: Trader afirma que não é tarde para comprar Bitcoin e dá dicas sobre o mercado

Forex Crypto News: Cripto Facil