Brasileiros já podem receber salários com criptomoedas direto na carteira

Brasileiros já podem receber salários com criptomoedas direto na carteira

Conforme ressaltado pelo economista Fernando Ulrich, o real é a pior moeda do mundo nesta segunda-feira (22). Tal fato reforça a importância das criptomoedas na vida do brasileiro.

De forma mais específica, stablecoins são boas alternativas. Escolhendo criptomoedas com preço pareado com o dólar, o brasileiro “dolariza” seu patrimônio sem esforço.

Uma parceria entre Bitwage, Bitfy e Celo torna ainda mais fácil essa ação. Agora, é possível receber salários diretamente na carteira de criptomoedas.

Dolarizando o salário

A Bitfy é uma carteira de Bitcoin que, agora, também terá suporte para stablecoin. Trata-se do Celo Dollar (cUSD), stablecoin emitida pela Celo.

A Celo surgiu como uma espécie de concorrente da Libra, antigo projeto de stablecoin do Facebook. Contudo, parece que a Fundação Celo tem outros planos para o destino da criptomoeda.

Por meio de uma parceria com Bitfy e Bitwage anunciada por meio de comunicado, brasileiros poderão receber seus salários em cUSD.

A Bitwage é um serviço que viabiliza a profissionais do mundo todo receber seus pagamentos em criptomoedas. Agora, será ainda mais fácil receber pagamentos em stablecoins.

Momento importante

Fabiano Dias, chefe de operações da Bitwage, ressaltou a importância de exposição ao dólar no momento atual do Brasil:

“É importante manter os valores acertados em moeda forte, com seu pagador estando no exterior. Se os fundos sempre estiverem em dólar, preferencialmente em stablecoin, e a conversão for feita aos poucos, sempre há ganhos. Esse é o maior dos motivos para receber em dólar.”

Lucas Schoch, fundador da Bitfy, compartilha um ponto de vista semelhante ao de Dias:

“Vivemos um momento de grande instabilidade financeira, especialmente no Brasil. A possibilidade de ter uma moeda digital vinculada ao dólar é incrível, garantindo a manutenção de sua reserva financeira, sem perdas em termos de dólares. Além disso, com a união da Bitwage, qualquer pessoa tem acesso a mercados de trabalho de qualquer lugar do mundo, já que é possível receber salários por serviços prestados de qualquer localidade. É realmente um novo passo do mercado financeiro, com pessoas tendo acesso à economia global.”

Fernando Bresslau é chefe do ecossistema brasileiro do cLabs. Trata-se da startup que trabalha com a tecnologia Celo. Ele também comentou sobre a parceria:

“A Bitwage já vem possibilitando que profissionais brasileiros tenham clientes no exterior com maior facilidade, trazendo mais recursos para economia local. A Bitfy torna a utilização de criptomoedas muito prática, com as diferentes e exclusivas funcionalidades que oferece. E os Celo Dólares simplificam, em muito, a gestão financeira desses usuários. A união desses três elementos abre um universo de possibilidades.”

Leia também: Veterano indica bons pontos para comprar criptomoedas nesta correção

Leia também: Bitcoin pode passar de R$ 340 mil em breve mesmo com correção

Leia também: Investidores sacam mais de R$ 5,4 bilhões em Bitcoin da Coinbase

Forex Crypto News: Cripto Facil