Blockchain foi escolhida para eleições dos EUA

Blockchain foi escolhida para eleições dos EUA

A agência de notícias americana The Associated Press (AP) incorporará tecnologia blockchain à sua contagem de votos tradicional na eleição presidencial entre Donald Trump e Joe Biden.

Para isso, a cooperativa de informação estabeleceu uma aliança com a Everipedia que vai ceder sua infraestrutura oracle.

Registro de dados em blockchain

De acordo com um comunicado, a AP posicionou nos 50 estados do país equipes especializadas para colher informações dos eleitores.

Assim, os dados serão corroborados pela agência e incorporados à blockchain por meio do serviço Everipedia OraQle. Essa solução é fornecida pela Chainlink, a rede descentralizada de oráculos.

“O nó Chainlink da Everipedia fornecerá contratos inteligentes com acesso a dados eleitorais (que serão) apoiados por prova criptográfica. Isso pode ser usado para verificar se nossos dados de nó vêm diretamente da API original da Associated Press, à qual a Everipedia tem acesso exclusivo e autenticado” , explicou a empresa.

A AP vai assinar os dados criptograficamente e, em seguida, publicar sua chave através dos canais oficiais da Everipedia.

Difusão dos dados em várias blockchains

A agência ainda destacou que a integração permitirá a difusão dos dados eleitorais simultaneamente em várias blockchains.

A AP não só coletará e divulgará informações certificadas sobre a eleição presidencial, mas também o fará no restante das eleições a serem realizadas na terça-feira, 3 de novembro.

Portanto, isso inclui a votação para 7.000 cargos públicos, como senadores e a Câmara dos Representantes. Certos estados também realizarão eleições legislativas.

Primeira validação em blockchain

A agência conta as eleições presidenciais desde 1848 e, pela primeira vez, validará as informações em uma blockchain.

A AP vai alavancar a tecnologia da Chainlink e publicar na Everipedia, uma enciclopédia online que recompensa seus colaboradores com o token IQ.

Já os oráculos de blockchain são serviços que utilizam informações externas à blockchain fornecidas por terceiros, que alimentam a rede. Ou seja, eles funcionam como uma ponte entre blockchains e o mundo exterior.

Na ausência de oráculos, blockchains e contratos inteligentes seriam limitados a trabalhar apenas com informações on-chain ou dentro da cadeia.

Outras ações da AP

A Associated Press chamou a atenção da mídia em maio do ano passado, depois de incluir os nomes de várias criptomoedas em seu manual de estilo.

A agência oficializou o uso do Bitcoin com letra maiúscula para se referir ao conceito (sistema digital) que representa a criptomoeda e bitcoin com letra minúscula quando se fala da criptomoeda nativa da rede.

Além disso, validou o emprego em suas notícias de Litecoin, Dogecoin e Ethereum.

Leia também: “Sistema financeiro tradicional entrará em colapso em breve”, alerta especialista

Leia também: Moedas digitais de bancos centrais são revolucionárias, afirma empresário

Leia também: Adoção de criptomoedas é maior em países em desenvolvimento, revela pesquisa

Forex Crypto News: Cripto Facil