BitcoinTrade já deu quase R$ 1 milhão em Bitcoin a clientes

BitcoinTrade já deu quase R$ 1 milhão em Bitcoin a clientes

O sistema de cashback da exchange de criptomoedas BitcoinTrade, o BitcoinCash, já pagou quase R$ 1 milhão aos seus clientes desde que foi lançado.

Além disso, a plataforma movimentou R$ 5 milhões em pedidos e registrou a compra de 3 milhões de produtos.

BitcoinCash

Criado em 2019, o BitcoinCash funciona no esquema de cashback. Ou seja, ao realizar uma compra, o cliente recebe parte do dinheiro de volta em Bitcoin.

Esta foi a forma encontrada pela corretora para dar a oportunidade para seus clientes investirem e acumularem a criptomoeda de forma indireta. 

Em um comunicado enviado ao CriptoFácil nesta quinta-feira (8), a BitcoinTrade destacou que o sistema já conta com mais de 15 mil clientes cadastrados.

Além disso, a exchange registrou um crescimento de 200% no número médio de cadastros mensais.

O sistema tem mais de 300 parceiros, entre eles: Americanas, Submarino, Netshoes, Carrefour, Kabum, Casas Bahia, Ponto Frio, Extra.

Além de permitir o acúmulo de BTC, a iniciativa tem o objetivo de aproximar o público que já conhece o mercado de criptomoedas. Por outro lado, a BitcoinTrade visa conquistar novos investidores para o mercado de criptoativos.

O sistema disponibiliza até 35% do valor em cashback aos clientes. Já o saque mínimo é de R$ 25,00 em Bitcoins para qualquer carteira virtual.

Pandemia impulsionou o sistema

Ainda segundo a BitcoinTrade, o ritmo de crescimento do BitcoinCash já era bom. No entanto, a pandemia de Covid-19 impulsionou o negócio.

A partir de março, houve um crescimento expressivo na demanda por drogarias e produtos de higiene.

“No início da pandemia, vimos alguns parceiros serem afetados pela falta de consumo, mas logo que o isolamento se firmou e o boom pelos itens como álcool em gel e máscara aconteceu, a retomada das vendas veio de forma forte e constante, aumentando o quadro de clientes e quantidade de compras. Além disso, a rápida retomada do Bitcoin perante outros ativos, foi um chamariz para o BitcoinBack”, destacou Rodrigo Malta, CEO do BitcoinBack.

Malta ainda observou que o serviço de cashback se tornou algo vantajoso para o cliente. Isso porque ele já gastaria dinheiro de qualquer forma comprando online.

Mas agora, passa a contar com o benefício de receber de volta uma parte do valor em Bitcoin.

Leia também: Investidores de Bitcoin são otários, afirma famoso professor

Leia também: Trader revela como transformou 0,19 BTC em 8 Bitcoins em 3 semanas

Leia também: CEO do Twitter compra R$ 280 milhões em Bitcoin após críticas

Forex Crypto News: Cripto Facil