Bitcoin segue na zona dos R$ 49.000 sustentado pelo dólar

Bitcoin segue na zona dos R$ 49.000 sustentado pelo dólar

Nesta sexta-feira, 26 de junho, o Bitcoin exibe mais uma vez sua performance apática.

As altcoins, em meio à inércia do BTC, seguem caindo. Por sua vez, a Ibovespa opera com uma alta de 1,70%.

Bitcoin apoiado pelo dólar

De acordo com dados obtidos pela ferramenta Coinmarketcap, o BTC declinou 0,15% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria, atualmente cotado a R$ 49.275,53.

Assim como no dia anterior, a alta do dólar está contribuindo para o alto valor em Real.

A máxima intradia, considerando a cotação atual do dólar, foi registrada em R$ 50.063,25. Enquanto isso, a mínima intradia foi registrada em R$ 48.750,91.

Por fim, o volume de troca do BTC é de R$ 96,3 bilhões.

Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas
Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas

Altcoins seguem em queda

Como de costume, uma queda do BTC se reflete nas altcoins.

No top 10, Binance Coin, Cardano e Bitcoin Cash escorregaram respectivos 1,10%, 1,04% e 0,81%.

XRP e Litecoin, por sua vez, avançaram respectivos 0,61% e 1,17%. O restante dos criptoativos do grupo apresentou quedas entre 0,64% e 0,95%.

Igualmente no top 20, os criptoativos do grupo também tropeçaram. Tezos, Chainlink e Neo declinaram respectivos 3,67%, 1,22% e 1,13%.

Quem se salvou do grupo foi a UNUS SED LEO, com uma valorização de 3,41%. O restante do grupo teve perdas entre 0,68% e 1,04%.

Até o fechamento deste artigo, o valor total do mercado de criptoativos era de R$ 1,40 trilhão, R$ 10 bilhões a mais em relação ao dia anterior. A dominância do BTC está em 64,4%.

Forex Crypto News: Cripto Facil