Bitcoin registra em julho maior alta dos últimos 8 anos

Bitcoin registra em julho maior alta dos últimos 8 anos

E hoje chegamos ao último dia de julho. Um mês que definitivamente foi bastante feliz para quem investe em Bitcoin. Afinal, o criptoativo voltou a ter forte alta, alcançando os US$ 11.200,00 (R$ 58.000,00) nesta sexta-feira, 31 de julho.

Bitcoin - BTC

Com a nova alta, o preço do Bitcoin está próximo de uma nova marca positiva. Julho de 2020 pode ser o mais lucrativo para o Bitcoin desde 2012. Atualmente, o BTC está com 22% de valorização no mês.

Para isso ocorrer, o Bitcoin precisa permanecer no patamar dos US$ 11.145,00 até o final desta sexta-feira. Até o momento, o mês atual está um pouco à frente da rentabilidade obtida em julho de 2018.

Bitcoin - BTC

Porém, caso o preço do Bitcoin feche o dia abaixo de US$ 11.050,00, o ganho mensal resultante seria menor que o aumento de 21% observado em julho de 2018.

Final de tendência estável marcou mês de julho

O ganho mensal de dois dígitos de julho marca o fim de uma consolidação de preços que durou dois meses. Entre maio e junho, o preço do BTC se arrastou na faixa de US$ 9.000,00 a US$ 10.000,00.

O movimento levou muitos investidores a não confiarem que o Bitcoin ganharia um novo impulso no curto prazo. Até que veio a forte alta dos últimos dias.

A ampla oferta de venda do dólar americano (USD) no mercado de câmbio foi um dos fatores que levou à subida no preço do Bitcoin. Além dele, o ouro também registrou recordes em julho. O metal superou sua cotação histórica e foi negociado acima de US$ 1.950,00 (R$ 9.750,00) por onça-troy.

“O Bitcoin se destaca este ano em um cenário de medidas massivas de estímulo dos bancos centrais e um sistema financeiro em falha”, disse Paolo Ardoino, CTO da Bitfinex.

Participação institucional cresceu

O crescimento do Bitcoin, porém, não se restringiu apenas ao preço. O interesse dos investidores institucionais voltou a crescer, despertando mais interesse no criptoativo.

Além disso, um sentimento de baixa em relação ao dólar podem gerar ganhos mais fortes nos próximos meses.

A tendência de alta parece forte. O Bitcoin parece mostrar poucos sinais de estresse, apesar dos mineradores terem aumentado suas vendas na última semana.

A Poolin, o maior grupo de mineração do mundo, transferiu 435 BTC para bolsas na quarta-feira, 29 de julho. Essa foi a maior saída diária desde 03 de maio, de acordo com a Glassnode.

Leia também: Valorização do Bitcoin é “alta de otários”, afirma Peter Schiff

Leia também: Bitcoin ganha mais uma proposta para contratos inteligentes

Leia também: Fidelity explica razões para o Bitcoin se tornar uma reserva de valor

Forex Crypto News: Cripto Facil