Bitcoin quase toca os R$ 65.000 antes de sofrer queda

mercado de Bitcoin ficou, até a madrugada de sexta-feira (16), acima dos R$ 64.000. Na tarde de quinta-feira (15) o BTC até mesmo quase tocou os R$ 65.000.

Entretanto, uma queda fez com que ele voltasse à parte alta dos R$ 63.000.

As altcoins, em sua maioria, sofreram quedas nas últimas 24 horas.

Preço do Bitcoin hoje

De acordo com dados obtidos pela ferramenta WorldCoinIndex, o BTC avançou 0,33% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria. A cotação do BTC hoje é R$ 63.838,23.

Sua máxima intradia foi registrada na tarde de quinta-feira (14), quando o BTC atingiu R$ 64.956,50. A mínima intradia é de R$ 63.014,40, ocorrida na manhã desta sexta-feira.

Segundo dados do IntoTheBlock, cerca de 83% dos investidores de Bitcoin estão “lucrando” com o atual preço do criptoativo.

Trata-se de uma queda de 5% em relação ao início da semana.

Além disso, dos quatro principais indicadores do Bitcoin, três estão neutros enquanto o último está negativo. Em outras palavras, a previsão ainda pende para queda.

Quanto ao volume de troca do BTC, cerca de R$ 126,3 bilhões foram movimentados nas últimas 24 horas.

Por fim, o gráfico do Bitcoin referente às últimas 24 horas pode ser visto abaixo:

Gráfico com as variações de preço do BTC nas últimas 24 horas. Fonte: WorldCoinIndex

Mais queda para as altcoins

Embora algumas tenham se salvado, a maioria das altcoins exibiu quedas nas últimas 24 horas.

Polkadot, Cardano e Litecoin declinaram respectivos 2,79%, 2,43% e 4,30%. No top 10, nenhuma altcoin se salvou.

No top 20, Bitcoin SV, Tron e Monero apresentaram respectivas quedas de 3,72%, 2,85% e 2,02%.

Até o fechamento deste artigo, o valor total do mercado de criptoativos era de R$ 2,004 trilhão, R$ 8 bilhões a menos em relação ao dia anterior. A dominância do BTC está em 59%.

Por fim, a cotação do dólar utilizada para converter os valores foi de R$ 5,63.

Leia também: Aumento na inflação pode beneficiar as criptomoedas no Brasil

Leia também: Hora de comprar Bitcoin? Real é a pior moeda do ano, segundo estudo

Leia também: Carteira de Bitcoin recebe investimento milionário de fundo brasileiro

Forex Crypto News: Cripto Facil