Bitcoin pode valorizar com ações da União Europeia

Bitcoin pode valorizar com ações da União Europeia

Recentemente, o Banco Central dos Estados Unidos (Fed) anunciou o relaxamento da sua meta de inflação.

Com a medida, as autoridades estadunidenses esperam estimular o consumo, mesmo que a inflação suba em decorrência do evento.

Além dos EUA, a União Europeia pode contribuir para a ciranda inflacionária. Por lá, o Banco Central (ECB) decidiu manter a política monetária atual de juros negativos e refinanciamento a taxa zero.

União Europeia pode favorecer inflação

Atualmente, os juros sobre depósitos estão colocados em -0,5% na União Europeia. Isso significa que o dinheiro guardado acaba perdendo valor, ao contrário do que costuma acontecer com a poupança.

A medida é uma tentativa clara de incentivar os moradores da zona do euro a consumir, em vez de poupar.

Além disso, outra medida que foi mantida pelos dirigentes do ECB foi a taxa de refinanciamento em 0%.

Assim, os moradores e as empresas localizadas na Europa são incentivadas a emprestar dinheiro, já que não precisam pagar juros pela operação.

Ambas as ações colocadas em prática pelo Banco Central da União Europeia incentivam o aumento da inflação.

Na prática, os economistas acreditam que os empréstimos e o consumo vão girar a roda da economia, que está sendo afetada pela pandemia do novo coronavírus.

Ademais, os governantes da União Europeia estão comprando ativos no mercado em um valor equivalente a R$ 8,48 trilhões.

O estímulo europeu, por si só, é superior ao PIB brasileiro de 2019, que foi de R$ 7,3 trilhões.

Aumento da inflação favorece o Bitcoin

Caso a história se repita, o aumento da inflação culmina no aumento do preço do Bitcoin e outros ativos.

Dessa forma, com mais dinheiro circulando na praça, parte do capital escoa para o mercado de investimentos.

Logo, tanto os ativos tradicionais quanto as criptomoedas acabam valorizando como consequência do fenômeno.

No cenário atual de recessão econômica provocada pelo COVID-19, o incentivo dos governos para o aquecimento da economia é aceito por boa parte dos economistas.

Contudo, vários especialistas e investidores, como Fernando Ulrich, criticam a injeção de liquidez excessiva no mercado.

Em uma série de publicações no Twitter, Ulrich vem criticando a atuação do Bacen em relação ao aumento da inflação e a desvalorização do real no Brasil.

Leia também: Tokens DeFi valorizam 80% mesmo durante baixa do mercado

Leia também: Antigo crítico do Bitcoin muda de ideia: “você vai precisar de pelo menos 1 BTC”

Leia também: PIX pode ser a ponte da cédula para as criptomoedas, diz especialista

Forex Crypto News: Cripto Facil