Bitcoin pode chegar a R$ 200 mil em dezembro, revela estudo

Bitcoin pode chegar a R$ 200 mil em dezembro, revela estudo

A valorização do Bitcoin (BTC) é tema recorrente entre os entusiastas de criptomoedas.

Isso acontece porque grande parte do mercado acredita que o BTC valorizará significativamente nos próximos anos.

Felizmente, diversas estatísticas corroboram essa análise positiva do mercado de Bitcoin. Vale ressaltar que a criptomoeda ainda está longe de bater o seu recorde histórico de preço, atingido em dezembro de 2017.

Agora, um estudo demonstra que o BTC  está obtendo um desempenho modesto em comparação ao seu potencial de valorização. Além disso, o valor total de mercado do Bitcoin é relativamente baixo e, portanto, deve aumentar consideravelmente.

Dessa maneira, é possível que a moeda ainda valorize expressivamente nos próximos anos.

Gráfico mostra potencial do Bitcoin após halvings

A imagem abaixo, fornecida pelo ecoinometrics, apresenta diversas informações diferentes sobre o preço do BTC.

Bitcoin após o terceiro halving [ecoinometrics]
Bitcoin após o terceiro halving [ecoinometrics]

O espectro azul representa uma projeção do preço do Bitcoin com base nos halvings anteriores. A parte superior corresponde ao primeiro halving, enquanto a parte de baixo remete ao segundo halving.

O espectro representa, dessa maneira, um campo de valor projetado para o Bitcoin. Caso o criptoativo se comporte de maneira semelhante ao que ocorreu nos halvings anteriores, seu preço ficará dentro da faixa azul.

Já a linha azul-marinho representa o preço médio do BTC, baseado no espectro criado pelos estudiosos. Esse preço é uma mera referência, já que a criptomoeda dificilmente vai se comportar exatamente igual à média dos halvings anteriores.

Na linha laranja está o preço real do Bitcoin após o terceiro halving. Conforme se observa, o desempenho é inferior à projeção retratada na linha azul-marinho.

Por último, nas marcações em vermelho, estão relacionadas algumas datas futuras e o possível preço do Bitcoin – caso a criptomoeda valorize na média dos últimos halvings.

Até o momento, o preço real do BTC está quase no limite mais baixo do espectro.

Mantendo o desempenho atual, o criptoativo não alcançará a casa das centenas de milhares de dólares. O desempenho atual é, portanto, muito inferior ao previsto pela linha azul-marinho.

Valor de mercado do Bitcoin ainda é relativamente baixo

O Bitcoin vale aproximadamente R$ 1,18 trilhão, conforme apresentado pelo CoinMarketCap.

Valor relativo de mercado do Bitcoin
Valor relativo de mercado do Bitcoin

Na imagem, o valor total de mercado está marcado em laranja e corresponde “apenas” à fortuna pessoal de Jeff Bezzos, CEO e fundador da Amazon.

Por conta disso, o Bitcoin perde em valor de mercado para gigantes do ramo tradicional, como JP Morgan e Visa.

Ademais, para alcançar o Facebook, o valor unitário do Bitcoin tem que alcançar os US$ 40.300 (R$ 220.142,78). Atualmente, o BTC está cotado em US$ 11.885,13 (cerca de R$ 64.551,83).

Finalmente, para alcançar o valor de mercado do ouro, o Bitcoin tem que chegar a US$ 487.000, ou R$ 2.660.091,40.

Logo, o BTC ainda tem um longo caminho a percorrer para ameaçar o domínio das instituições e dos ativos tradicionais sobre o mercado financeiro.

Leia também: Token YFI atinge R$ 170 mil após valorizar 28%

Leia também: Rico investidor ensina traders de Bitcoin a se tornarem baleias

Leia também: Juristas defendem o Bitcoin e sua legalidade como criptoativo

Forex Crypto News: Cripto Facil