Bitcoin falha em ficar acima de R$ 250.000; Cardano sobe 10%

Bitcoin falha em ficar acima de R$ 250.000; Cardano sobe 10%

Apesar do disparo após a notícia de compra da Tesla, o mercado de Bitcoin (BTC) mostra dificuldades em ficar acima de R$ 250.000.

Esse período de falha em romper marcas de preço não é o único experienciado pelo Bitcoin recentemente.

De qualquer forma, outras criptomoedas estão desempenhando bem nesta quinta-feira (11), como a Cardano.

Preço do Bitcoin hoje

De acordo com dados obtidos pela ferramenta WorldCoinIndex, o BTC declinou 1,06% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria. A cotação do BTC hoje é R$ 249.146,12.

A máxima intradia foi registrada na manhã de quarta-feira (10), em R$ 250.595,51. Na manhã do mesmo dia, poucos minutos depois, a mínima intradia foi vista em R$ 236.348,28.

Segundo dados do IntoTheBlock, os endereços de Bitcoin apresentando lucro representam 97% do total. Os 3% restantes são de endereços que saem “no zero”.

O futuro do mercado de Bitcoin passou a ser pessimista, conforme mostra a imagem abaixo.

Indicadores do Bitcoin apontam pessimismo.
Indicadores do Bitcoin apontam pessimismo. Fonte: IntoTheBlock/CriptoFácil

Quanto ao volume de troca do BTC, cerca de R$ 459,1 bilhões foram movimentados nas últimas 24 horas.

Por fim, o gráfico do Bitcoin referente às últimas 24 horas pode ser visto abaixo:

Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas
Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas. Fonte: WorldCoinIndex

Cardano salta, mas outras criptomoedas caem

Embora o Bitcoin esteja com dificuldades de ficar acima de R$ 250 mil, outras criptomoedas não encontram tais problemas.

A Cardano saltou 10,47% nas últimas 24 horas. Contudo, no mesmo período, XRP e Binance Coin declinaram respectivos 3,61% e 16,80%.

No top 20, a Avalanche registoru o maior ganho ao disparar 11,97%. Stellar e NEM também valorizaram, crescendo respectivos 2,58% e 8,98%.

Até o fechamento desta matéria, o valor total do mercado de criptoativos era de R$ 7,591 trilhões, cerca de R$ 7 bilhões a mais em relação ao dia anterior. A dominância do BTC está em 61,1%.

Por fim, a cotação do dólar utilizada para converter os valores foi de R$ 5,39.

Leia também: AKT vai disparar 1.000%, prevê trader de criptomoedas

Leia também: 2 motivos para o Ethereum passar de R$ 50.000, segundo analistas

Leia também: Twitter considera comprar Bitcoin e pagar salários com a criptomoeda

Forex Crypto News: Cripto Facil