Bitcoin é como a Amazon antes dos anos 2000, compara empresário

Bitcoin é como a Amazon antes dos anos 2000, compara empresário

Anthony Scaramucci, fundador da SkyBridge Capital e ex-conselheiro do presidente Donald Trump, comparou o Bitcoin (BTC) à Amazon nos primeiros dias.

“Acho que o Bitcoin é a Amazon [em] 2000, 2001 ou 2002. Está aí, é um vencedor, mas ainda está nos estágios iniciais dele. E, a propósito, se você olhar o gráfico de ações da Amazon 97 para ’02, você fica tipo ‘Nossa, eu perdi isso’. A coisa passou de uma fração de uma ação para uma quantidade gigantesca de capitalização de mercado”, disse Scaramucci.

Fundo de Scaramucci investiu em Bitcoin

O empresário participou de um episódio do podcast “The What Bitcoin Did” no dia 4 de janeiro. Ele também respondeu críticas por ter entrado muito “tarde” no Bitcoin.

“Minha resposta a isso é não. Se houver alguma coisa, ainda estamos no início”, disse.

A Skybridge anunciou um investimento de R$ 900 milhões em Bitcoin no final de 2020. O objetivo da gestora é criar um fundo voltado para investidores institucionais entrarem no mercado.

Para ele, a entrada de gestores no mercado ainda está no começo. Ele citou que quando isso acontecer, o preço do Bitcoin pode atingir até US$ 400 mil.

“E, acredite em mim, basta 1% movido por uma Fidelity, Vanguard, MassMutual ou por um Ray Dalio e essas coisas (Bitcoins) custarão US$ 300 mil a US$ 400 mil a moeda”, apostou Scaramucci.

Regulamentação e volatilidade do Bitcoin

Scaramucci também falou sobre regulamentação. Para ele, o governo pode vir a criar regras que possam ser onerosas para o setor. Isso porque os Estados Unidos podem se preocupar com a ameaça do Bitcoin sobre o dólar como moeda de troca.

Ele disse que isso poderia trazer alguma volatilidade para o preço do Bitcoin. No entanto, afirmou que “volatilidade é diferente de risco”.

“Lembre-se de que volatilidade é muito diferente de risco. Volatilidade [é aceitável] se você for paciente e entender os fundamentos do que está acontecendo.”

Scaramucci citou novamente a Amazon como exemplo. A ação da empresa passou por fortes quedas antes de se tornar o que é hoje.

“Quem investiu na Amazon por 23 anos e aceitou as quedas de 50% em sua atividade de preço, mas não vendeu porque sabia que os fundamentos estavam lá, foi recompensado. Esses investidores não sofreram riscos, apenas foram pacientes para enfrentar a volatilidade”, explicou.

Leia também: Não venda seu Bitcoin ou as baleias vão acabar com você, alerta analista

Leia também: Hora de comprar Bitcoin?

Leia também: Trader revela como transformou R$ 4 mil em R$ 5,5 milhões com Uniswap

Forex Crypto News: Cripto Facil