Bitcoin declina enquanto mercado tradicional opera em alta

Bitcoin declina enquanto mercado tradicional opera em alta

Nesta terça-feira, 10 de agosto, o mercado deu uma pequena amostra da falta de correlação entre o Bitcoin e os ativos tradicionais. Enquanto ouro e ações operam no positivo, o Bitcoin apresenta queda.

Por exemplo, o petróleo. Por volta de 10h20, os preços dos contratos para setembro do WTI, a referência americana, subiam 1,86%, a US$ 42,72 (R$ 226,00) o barril.

Já o petróleo Brent para entrega em outubro avançava 1,31%, a US$ 45,58 (R$ 241,00) o barril.

O mercado de ações também apresenta alta. O S&P 500 apresenta alta de 0,38% cotado a 3.373,40 pontos.

Por outro lado, o Bitcoin opera no canto negativo. O preço do criptoativo apresenta alta de 2,03% e cotado a US$ 11.661,87 (R$ 64.000,00).

Expectativa com estímulos anima mercados

Em meio à pandemia de Covid-19, dois episódios podem explicar a alta dos mercados. O primeiro é um otimismo renovado com a cura da doença. Nesta terça-feira, 11 de agosto, a Rússia anunciou o registro da primeira vacina contra a Covid-19.

O outro episódio foi a possibilidade de novos estímulos financeiros por parte dos Estados Unidos.  Funcionários da Casa Branca e legisladores democratas indicaram na segunda-feira que estavam prontos para retomar as negociações sobre um novo pacote de ajuda.

O novo pacote pode chegar a US$ 1 trilhão (R$ 5 trilhões). O presidente Donald Trump assinou um decreto no sábado, dia 8/8, para liberar um pacote de ajuda, que dará auxílio financeiro aos americanos que perderem o emprego.

A expectativa é que democratas e republicanos cheguem a um acordo que libere um acordo mais amplo. Caso liberado, o pacote pode manter a alta dos mercados tradicionais, especialmente nas bolsas de valores.

Em virtude disso, o cenário desta terça-feira beneficiou mais os ativos de riscos. Em contrapartida, ativos de proteção estão sofrendo quedas fortes.

Além do Bitcoin, o ouro mostra desempenho negativo no pregão. O metal apresenta queda de 3,92% e perdeu o suporte dos US$ 2.000,00. O preço é negociado a US$ 1.950, 65 a onça-troy. No Brasil, a grama do metal é negociada a R$ 342,11.

Leia também: Bitcoin e criptomoedas são tema de programa da TV Justiça

Leia também: Volume de troca do Bitcoin bate recordes no Brasil e Argentina

Leia também: Baleias de Bitcoin estão ficando mais pobres

Forex Crypto News: Cripto Facil