Binance Smart Chain supera a marca de R$ 25 bilhões depositados

Binance Smart Chain supera a marca de R$ 25 bilhões depositados

Após ultrapassar o volume de negociações da rede Ethereum, a Binance Smart Chain (BSC) vem chamando a atenção de entusiastas do mundo DeFi.

O ecossistema da Binance já ultrapassou a marca de R$ 25 bilhões em valores depositados em seus contratos inteligentes. O volume é liderado pela Venus, projeto voltado à emissão de stablecoin pareada ao dólar e empréstimos descentralizados.

A Venus é acompanhada pela PancakeSwap, maior exchange descentralizada (DEX) da rede.

BSC cresce acelerada

O crescimento acelerado da rede aconteceu mais rápido do que na rede Ethereum, que superava a marca dos R$ 25 bilhões em agosto de 2020.

Atualmente, o ramo de DeFi em Ethereum conta com aproximadamente R$ 268 bilhões, conforme as finanças descentralizadas (DeFi) se tornam cada vez mais populares.

Apesar desse alto valor em moedas fiduciárias, a quantidade de Ether armazenada não exibe aumento. Na verdade, houve uma estabilização após atingir um pico de 9,7 milhões de Ether em setembro de 2020 — quando as taxas da rede atingiam níveis máximos.

A demanda pela Binance Smart Chain está diretamente relacionada à busca do varejo na participação em DeFi. Contudo, ela elimina o peso das altas taxas como barreira de entrada.

Até o fechamento deste artigo, a média de uma transação simples numa DEX no Ethereum é de US$ 40. Enquanto isso, a taxa média na BSC é de US$ 0,30.

Ademais, a ligação com a maior corretora de criptomoedas do mundo em volume de negociação e contas, a Binance, tem sido de grande influência para seu desenvolvimento rápido.

Volume alocado na Binance Smart Chain
Volume alocado na Binance Smart Chain. Fonte: Defistation

Em setembro de 2020, Changpeng Zhao (também conhecido como CZ), CEO da Binance, promoveu um estímulo de US$ 100 milhões para projetos na BSC.

A BSC aparece como segundo maior ecossistema em DeFi hoje por uma soma de fatores.

Dentre eles estão a necessidade de desenvolvedores na procura de ambientes com alta liquidez, facilitadores como a semelhança com o ambiente de desenvolvimento da Ethereum, estímulos financeiros e baixas taxas para manutenção e melhor experiência do usuário.

Desbravando a BSC

Tendo em vista o grande aumento de interesse na rede, bem como a facilidade de ingressão no cenário DeFi, a BSC tem captado muito interesse.

Dentre os interessados estão grupos de entusiastas e caçadores dos melhores projetos em DeFi. Assim, eles têm movido seus esforços para a BSC, considerado um ambiente propício para novatos aprenderem e os mais experientes usufruírem sem barreiras.

O grupo Degens DeFi, inicialmente voltado para busca dos projetos mais inovadores do cenário DeFi, iniciou o desenvolvimento de mentorias voltadas a interessados a adentrar o mundo das finanças descentralizadas.

O projeto tem como objetivo levar os interessados a conhecerem desde as noções básicas até mecanismos avançados — como os produtos de rendimentos, também conhecido como yield farming, na BSC.

Atualmente, o Degens DeFi criou uma promoção com cinco vagas gratuitas e direito a bônus.  ingressantes de 5 vagas de graça e direito a alguns bônus.

Para mais detalhes, confira o regulamento aqui.

Leia também: Especialistas falam sobre motivos que fizeram o Bitcoin romper US$ 50 mil

Leia também: Chainlink, Stellar e Binance Coin podem dar grandes lucros no curto prazo

Leia também: Forbes: 10 projetos que mais influenciaram as criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil