Baleias controlam quase 50% dos Bitcoins disponíveis

Baleias controlam quase 50% dos Bitcoins disponíveis

A forte alta no preço do Bitcoin também fez crescer o número de grandes holders – as chamadas baleias. A marca atingiu um novo recorde na semana passada.

Segundo a Glassnode, em 20 de outubro 2.178 endereços continham pelo menos 1.000 Bitcoins. No momento da escrita desta matéria, os 1.000 Bitcoins equivalem a aproximadamente US$ 13,4 milhões (R$ 74 milhões).

Apenas 5 dias depois, em 25 de outubro, esse número aumentou para 2.231. O maior número em toda a história.

Bitcoin
Bitcoin

Baleias controlam quase metade dos Bitcoins

De acordo com dados do BitcoinCharts, os grandes endereços controlam cerca de 7,9 milhões de Bitcoins. Isso corresponde a cerca de 42% dos Bitcoins em circulação.

Os dados mostram o número de endereços de baleias. No entanto, não mostram quantos indivíduos ou entidades as controlam. Isso se deve às particularidades da rede do Bitcoin e seus endereços.

Vários endereços podem ser controlados por uma única entidade. Da mesma forma, um único endereço pode ser controlado por várias partes com uma carteira com várias assinaturas.

Ainda assim, pesquisas estimam que 1,1 milhão de Bitcoins são ou foram controlados pelo seu criador, Satoshi Nakamoto. A maioria dos Bitcoins que supostamente pertencerem a Nakamoto nunca foi movida.

Distribuição dos Bitcoins
Distribuição dos Bitcoins

Mudança no padrão dos holders

Outros dados da Glassnode mostram um aumento no padrão das baleias. Esse dado mostra a porcentagem da quantidade de Bitcoin que não é movida há algum tempo.

Segundo o gráfico, 62% dos Bitcoins em circulação não foram movidos há pelo menos 1 ano. Quase um terço não muda de endereço há 3 anos ou mais.

Esse padrão mostra uma maior resistência dos investidores em se desfazer de suas criptomoedas. Mesmo com a forte alta, a tendência de venda não cresceu.

Isso pode representar uma alta mais fundamentada, ou seja, uma alta baseada em fatores mais sólidos.

Afinal, o Bitcoin registrou sua maior alta semanal desde 2018 e o preço tem se mantido acima dos US$ 13 mil desde então.

Bitcoin
Bitcoin

Leia também: Bitcoin tem apenas uma parada até US$ 20 mil, aponta bilionário

Leia também: Hacker pede 5 Bitcoins para liberar servidores de prefeitura em São Paulo

Leia também: Guia básico para investir em Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil