Atlas Quantum anuncia retorno das atividades e migração do saldo bloqueado

Na terça-feira, 14 de janeiro, a Atlas Quantum anunciou por meio de suas redes sociais uma “atualização” em sua plataforma. Segundo o anúncio, as negociações de criptomoedas serão retomadas, bem como os saques serão desbloqueados. Os saldos de clientes mantidos na plataforma atual serão migrados, contudo, não foram dados detalhes sobre a migração – e o pouco que foi falado apenas confundiu os investidores.

Saldo em Bitcoin ou saldo para negociar em Bitcoin?

A publicação da Atlas feita nas redes sociais fala sobre a migração de valores em Real, Dólar Estadunidense e Bitcoin para a nova plataforma. Porém, um trecho do anúncio deixou os investidores confusos.

Comunicado da Atlas Quantum nas redes sociais

Ao afirmar que o saldo será migrado e os investidores poderão “negociar a compra e venda do saldo migrado para Bitcoins”, investidores de um grupo formado em um aplicativo de mensagens começaram a levantar dúvidas. Seria o saldo migrado em Bitcoin, ou o trecho quer dizer que os saldos em Real e Dólar poderão ser negociados por Bitcoin?

Outra dúvida dos investidores que possuem saldo na plataforma atual da Atlas é como funcionará o valor do “saldo migrado”. Alguns especulam que ele funcionará como um token semelhante ao “BitAtlas”, cujo valor será movimentado de acordo com o interesse do mercado.

Uma das teorias transforma o BitAtlas em “token de utilidade”, em torno do qual a nova plataforma giraria. Novos investidores teriam diversas opções na nova plataforma, mas deveriam adquirir o token para entrar – gerando a demanda que regularia o valor do saldo migrado.

Contudo, são apenas teorias. Conforme o fim do comunicado, a Atlas informou que novos detalhes serão revelados em breve por email e canais oficiais, provavelmente as redes sociais – haja vista que o blog não é atualizado desde o comunicado envolvendo a demissão em massa de funcionários.

Parte da Fênix?

Ainda não foram revelados detalhes sobre um possível envolvimento da plataforma e o robô de arbitragem anunciado pela Atlas aos seus clientes. É possível que a plataforma seja o meio através do qual os “repasses” dos lucros com o robô serão feitos.

O anúncio de atualização da plataforma e suposto desbloqueio dos saques é o mais recente desenvolvimento na proposta de restruturação da Atlas, que envolveu a mudança de sede, demissão em massa de funcionários (que depois de dois meses ainda não ouviram sobre seus créditos trabalhistas), recompra de Bitcoins, venda de Bitcoin com deságio e disponibilização do robô de arbitragem.

O fim de 2019 e início de 2020 tem sido agitado para a empresa que, ao dar sinais de vida, despertou a esperança de seus investidores.

Leia também: “BitAtlas” da Atlas Quantum supera os 90% de deságio

Forex Crypto News: Cripto Facil