Animados com Bitcoin: número de investidores atinge maior nível desde 2018

Animados com Bitcoin: número de investidores atinge maior nível desde 2018

De acordo com dados da empresa de análise Chainalysis, a rede do Bitcoin está recebendo novos investidores a um ritmo acelerado.

Uma das métricas para calcular esse dado são os chamados “endereços jovens”. Esses endereços são aqueles criados a menos de três meses.

Segundo os dados, o número de novos endereços saltou para quase 2,3 milhões apenas em setembro. O número é quase o dobro dos 1,2 milhão registrados seis meses atrás.

Além disso, trata-se do maior número de novos endereços desde fevereiro de 2018, quando foram registrados pouco mais de 2,3 milhões.

preço do Bitcoin
Preço do Bitcoin

É possível notar uma forte correlação da curva com o preço do Bitcoin. Com poucas exceções, o movimento de ambos os dados costuma ser praticamente espelhado.

Novos investidores mesmo na baixa

A curva de crescimento foi muito mais plana nos primeiros dois meses do ano. No entanto, desde a queda no preço do Bitcoin em março, ela cresceu de forma quase exponencial.

Interpretando os dados, parece que os investidores aproveitaram a queda de 40% no preço do Bitcoin em 12 de março. Desde então, eles começaram a adquirir Bitcoins de forma constante.

Além de pertencerem a novos investidores, os “endereços jovens” tem outro ponto em comum. São ligados a carteiras que recebem muitas transações, mas raramente enviam.

Portanto, vemos aí um padrão típico de investimento de longo prazo. Opinião semelhante tem economista da Chainalysis, Philip Gradwell.

“Parece que novas pessoas estão entrando no mercado, comprando BTC e colocando-o em carteiras para investimento de longo prazo”, disse Gradwell.

Alta demanda pressiona preço do Bitcoin

Com um aumento da demanda e a oferta de Bitcoins reduzida, é de se esperar um efeito de valorização em seu preço

“No geral, os dados sugerem que a pressão de compra de Bitcoin está aumentando e a oferta disponível para compra está diminuindo, já que novas compras provavelmente serão bloqueadas por um longo prazo”, disse Gradwell.

No momento da escrita desta matéria, o Bitcoin é negociado a US$ 10.771 (R$ 55.500). Porém, ele chegou a superar os US$ 11 mil (R$ 56 mil) na quarta-feira (16).

No preço atual, o Bitcoin tem um ganho de 52% no acumulado do ano.

Leia também: Futuros de BTC quebram recorde em volume na Bakkt

Leia também: BTC fará um rompimento de alta em breve, afirma analista

Leia também: Análise do BTC: Cuidado com as armadilhas das baleias

Forex Crypto News: Cripto Facil