Analista aponta: Polkadot, Cardano e Chainlink são boas oportunidades

Analista aponta: Polkadot, Cardano e Chainlink são boas oportunidades

Com o preço do Bitcoin lutando para retomar seu valor em US$ 38 mil, outras criptomoedas vêm apresentando desempenho surpreendente de valorização.

Enquanto o Bitcoin negocia lateralmente entre US$ 30 mil e US$ 38 mil, traders destacam que é hora das altcoins.

De acordo com o analista, Rakesh Upadhyay, ativos de finanças descentralizadas (DeFi), bem como outras criptomoedas apresentam boas oportunidade de compra.

O trader destacou, em especial, a Polkadot (DOT), Cardano (ADA) e Chainlink (LINK).

Polkadot é oportunidade

Segundo o analista, o DOT se recuperou da MME de 20 dias em 1º de fevereiro e disparou para um novo recorde de preço.

Portanto, se DOT mantiver seu valor acima de US$ 19,40, isso irá sugerir que a próxima tendência de alta começou.

“O par DOT/USD pode então subir para US$ 24,08 e US$ 30. As médias móveis ascendentes e o RSI perto do território de sobrecompra indicam que os touros estão no controle”, disse.

O trader também alertou que, se o par inverter a direção atual e cair, e provável que o criptoativo irá negociar lateralmente.

Contudo, ele aponta que os ursos terão que afundar o preço abaixo de US$ 14,72 para inclinar a vantagem a seu favor.

Cardano em alta

Já sobre a ADA, ele destacou que a criptomoeda obteve suporte na EMA de 20 dias. Depois disso, em 1º de fevereiro, subiu acima da resistência de US$ 0,38.

Em seguida, houve outro movimento de alta, em 2 de fevereiro, que levou a altcoin a superar os US$ 0,50.

No entanto, as negociações atuais sugerem que os comerciantes estão registrando lucros perto da linha de resistência.

“Mas se o par cair dos níveis atuais e quebrar abaixo de US$ 0,38, isso irá sugerir reservas de lucro em níveis mais elevados. Uma quebra abaixo do canal indicará uma possível mudança de tendência”, disse.

Chainlink segue valorizando

Por fim, no caso da LINK, o trader apontou que o criptoativo está sob forte ação dos touros. Segundo Upadhyay, eles tentam impulsionar o preço da criptomoeda acima de US$ 25,7.

Ou seja, caso eles tenham sucesso, o criptoativo pode subir para US$ 30.

“Por outro lado, se o preço cair de US$ 25,78, o par LINK/USD pode cair novamente para a MME de 20 dias. Uma quebra abaixo deste suporte pode resultar em uma queda para US$ 20,11. E o par pode se consolidar neste intervalo por alguns dias”, finalizou.

Leia também: Índices de criptomoedas DeFi valorizam 100%; são alternativas para ETF?

Leia também: 5 criptomoedas podem disparar 100 vezes nessa alta, aponta Lark Davis

Leia também: Validadores tentam fraudar Ethereum 2.0 e são expulsos da rede

Forex Crypto News: Cripto Facil