Análise do BTC: Bitcoin vai para a lua e bate R$ 193 mil

Análise do BTC: Bitcoin vai para a lua e bate R$ 193 mil

Após uma grande alta na última semana e atingir os US$ 35 mil – cerca de R$ 185 mil, o Bitcoin realizou uma pequena correção de 20%, a qual recuperou rapidamente logo em seguida.

Será que essa recuperação vai durar, mantendo os preços?

Confira na análise de hoje!

Gráfico semanal

Depois de atingir os US$ 35 mil em 2,618 de extensão de Fibonacci, o Bitcoin segue forte sem nenhuma correção relevante.

Caso os preços continuem subindo sem nenhuma grande correção como em 2014/2015 e 2018, devemos ver o mercado atingindo os US$ 50 mil ao longo das próximas semanas.

Este é justamente o próximo alvo de Fibonacci.

Gráfico semanal do Bitcoin (W)
Gráfico semanal do Bitcoin (W)

Gráfico diário

Olhando o gráfico diário, vemos como o mercado está esticado e longe da linha de tendência alta (LTA) de referência.

Caso tenhamos uma correção relevante como as que aconteceram durante a grande alta de 2017, devemos ver o mercado corrigindo entre 30 e 45%.

Caso essa correção aconteça, o próximo alvo no de Fibonacci está em US$ 50 mil.

Gráfico diário do Bitcoin (D)
Gráfico diário do Bitcoin (D)

Conclusão

Caso tenhamos correção forte no Brasil, os preços podem cair entre R$ 134 mil e R$ 105 mil antes de uma nova subida até os R$ 250 mil.

Nesse momento, para quem possui posições de médio e curto prazo, esse seria o momento para pensar em realizar lucros.

Para quem tem posições de longo prazo, vale ficar atento para comprar forte numa possível queda. Se uma alta como 2017 se repetir, no mínimo R$ 250 mil dólares é o alvo.

O próximo alvo do Bitcoin para os próximos dias está nos R$ 200 mil. Lá devemos ter resistência e oportunidade de venda.

Gráfico semanal do Bitcoin (W)
Gráfico semanal do Bitcoin (W)

Sigo posicionado, pois tenho investido apenas para o longo prazo.

Que venha o gain nos próximos meses!

Leia também: Como baixar dados do Bitcoin para excel

Leia também: Como definir e testar stoploss no excel

Leia também: Mais de 176% de lucro na carteira rumo aos R$ 100 mil #14

Aviso: O texto apresentado nesta coluna não reflete necessariamente a opinião do CriptoFácil.

Forex Crypto News: Cripto Facil