Análise do Bitcoin: expectativa dos R$ 100 mil aumenta com alta do dólar

Análise do Bitcoin: expectativa dos R$ 100 mil aumenta com alta do dólar

O Bitcoin atingiu mais de R$ 77.000 ao longo dessa semana, superando o topo histórico de 2017. Enquanto isso, o preço em dólares segue a baixo dos US$ 14.000, ainda está bem distante do topo histórico de 2017.

O que esperar ao longo dos próximos meses para o preço do Bitcoin no Brasil, em um cenário onde o dólar não para de subir?

Confira na análise abaixo!

Gráfico Semanal (W)

Vamos iniciar olhando os preços pelo gráfico semanal. Temos o Bitcoin, em dólares, na casa dos US$ 13.200 e ainda longe do topo histórico.

Nesse momento, podemos observar o ZSCORE ainda longe do topo superior, mostrando que o Bitcoin ainda não está tão caro em relação aos últimos seis meses na cotação em dólares. Além disso, o criptoativo pode subir mais ao longo dos próximos meses.

Se olharmos o Fibonacci da última onda de alta, podemos ver os preços ainda longe do alvo máximo em US$ 20 mil. O próximo alvo é em US$ 16 mil, caso essa onda de alta se mantenha:

Gráfico Semanal (W)
Gráfico Semanal (W)

Gráfico Diário (D)

Ao olharmos o gráfico diário, vemos o preço perdendo força compradora no topo de um canal de alta, e o ZSCORE voltando após tocar nas máximas.

Depois da última alta, e agora com essa perda de força, os preços devem realizar uma pequena correção de curto prazo antes de continuar subindo forte:

Gráfico Diário (D)
Gráfico Diário (D)

O preço do Bitcoin no Brasil recentemente superou os R$ 70 mil, ultrapassando assim o topo histórico de 2017.

O ZSCORE ainda distante do topo histórico e, com uma forte tendência de alta nos preços, é provável vermos o Bitcoin batendo R$ 100 mil reais ao longo dos próximos meses:

Gráfico Semanal (W)
Gráfico Semanal (W)

Gráfico Mensal (M)

Se olharmos o gráfico mensal, vemos os preços nos US$ 76 mil atualmente, enquanto o alvo máximo de Fibonacci está por volta dos R$ 115 mil.

Com essa lacuna, ainda temos muito espaço para subir. Ademais, com a recente alta do dólar no Brasil, os R$ 100 mil podem estar mais próximos do que nunca:

Gráfico Mensal (M)
Gráfico Mensal (M)

Conclusão

O dólar, nesse momento, vem mostrando força compradora mais do que nunca – considerando desde o início dessa pernada de alta, lá pelos R$ 4,06.

Os próximos alvos dele estão por volta de R$ 6,30 e R$ 7,00. Mesmo que o preço do Bitcoin em dólares não suba, caso tenhamos o dólar nesses patamares, o preço do Bitcoin no Brasil vai estar em mais de R$ 95 mil.

Por isso, venho comprando Bitcoin todos os meses. Se vai subir mesmo, eu não sei, mas é melhor ter BTC do que reais.

Gráfico Semanal (W)
Gráfico Semanal (W)

Leia também: Guia básico para investir em Bitcoin

Leia também: Planilha para gerenciar investimentos em criptomoedas

Leia também: Comprei Cardano (ADA) e vendi Bitcoin (BTC) | RUMO AOS R$ 100 MIL #12

Aviso: A informação contida neste documento não é garantida, não pretende ser abrangente e é estritamente apenas para fins informativos. Ela não deve ser considerada como recomendação de investimento/negociação. Toda a informação é acreditado para vir de fontes confiáveis. O CriptoFácil não garante a precisão, exatidão, ou integridade das informações na sua análise e, portanto, não será responsável por quaisquer perdas incorridas.

Forex Crypto News: Cripto Facil