Análise do Bitcoin: BTC buscará novamente os US$ 20 mil?

Análise do Bitcoin: BTC buscará novamente os US$ 20 mil?

Após atingir o topo histórico em US$ 42.000, o Bitcoin iniciou uma correção e realizou o cruzamento das médias móveis recentemente.

Será que teremos correção forte? E, se tivermos, até onde cairá?

Confira na análise de hoje!

Gráfico diário

O Bitcoin ganhou um sinal de venda nos últimos dias, com as médias móveis se cruzando para baixo no gráfico diário.

Foi registrada uma barra de força vendedora, aliada a uma consolidação de preços logo em seguida.

Gráfico diário do BTC (D)
Gráfico diário do BTC (D)

Se traçarmos um alvo mínimo para um movimento de baixa pós cruzamento de médias, poderíamos considerar como suporte os níveis de retração de Fibonacci do diário.

Nesse caso, a região entre US$ 26.800 e US$ 26.000 pode agir como suporte. É também nessa região que podemos ver o mercado se recuperando.

Gráfico diário do BTC (D)
Gráfico diário do BTC (D)

Gráfico semanal

Em um caso mais extremo, podemos ter um movimento de gráfico semanal. Com isso, os preços podem chegar aos US$ 20.000. Esta é a melhor região de suporte que temos para curto e médio prazo.

Gráfico semanal do BTC (W)
Gráfico semanal do BTC (W)

Conclusão

Estamos em um momento decisivo para o Bitcoin. Se, de fato, ocorrer uma correção muito forte até os US$ 20.000, os alvos de uma próxima alta ficam entre US$ 45.000 e US$ 55.000.

Bitcoin sempre funcionou assim e sempre vai funcionar. Não se assuste com uma “correçãozinha” de 20% a 50%.

É perfeitamente normal para esse criptoativo, e essas quedas devem ser encaradas como oportunidade.

Leia também: Analista destaca 4 criptomoedas em DeFi e IoT para investir

Leia também: Especialistas pedem cautela: mercados estão arriscados, inclusive Bitcoin

Leia também: Analista da Bloomberg: Bitcoin é um ativo potencialmente revolucionário

Forex Crypto News: Cripto Facil